Pular para o conteúdo principal

Reforma e ampliação do CB beneficia pesquisa genética da UFRN na fauna e flora

Dentro de um ano, as coleções biológicas da fauna e flora potiguar, oriundas de projetos de pesquisa do Centro de Biociências (CB) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), estarão armazenados e/ou acondicionados mais adequadamente, conforme ocorre nas demais instituições de pesquisa do país.

Para tanto, a reitora Ângela Paiva Cruz autorizou na manhã desta sexta-feira, 2, o início das obras dos espaços que vão abrigar as coleções biológicas dos projetos e cursos de pós-graduação do CB. Além dessas, foram contratados, também, o equipamento do sistema de transporte vertical e as reformas nos departamentos que integram o Centro de Biociências.

Dirigentes e pesquisadores do Centro de Biociências, da Superintendência de Infraestrutura e representantes de construtoras participaram das assinaturas dos contratos que totalizam 2 milhões, 18 mil e 346 reais de recursos provenientes do CT-INFRA/FINEP e da própria UFRN.

Para a pesquisadora Eliza Maria Xavier Freire, o investimento nessas obras “confirmam a responsabilidade que a universidade tem perante a pesquisa em ciências biológicas, sobretudo com o patrimônio genético”.

Ao concordar com a pesquisadora, a reitora reconheceu que “a luta e a conquista de condições favoráveis ao desenvolvimento da pesquisa científica institucional nessa área de conhecimento é da comunidade científica do Centro de Biociências, para a qual a atual gestão da UFRN se empenhou no sentido das melhorias serem concretizadas”.

Ao agradecer o empenho da gestão, o vice-diretor do CB, professor Jeferson de Souza Cavalcanti, ressaltou que “o investimento é necessário para que os pesquisadores possam produzir para a comunidade”.

Pesquisadora do CB e vice-reitora, Maria de Fátima Freire de Melo Ximenes considerou que “as obras contratadas no dia de hoje vão assegurar a manutenção das coleções e possibilitar, em breve, o compartilhamento de informações e de bancos de organismos e de células com outros centros de pesquisa do país e do mundo”. 

As obras

As reformas e a ampliação das instalações do CB serão executadas pelas construtoras L&L Engenharia LTDA e Areta Construção, Comércio e Serviços Ltda. Conforme prevê os contratos, os trabalhos de melhoria nos departamentos devem ficar prontos em 151 dias. O restante do serviço contratado deve ser entregue dentro de 301, ou seja, quase um ano.

Para o pró-reitor de Pesquisa, Valter José Fernandes Júnior, “trata-se de uma obra importante porque vai beneficiar uma área de produção e conhecimento que é referência no Brasil e no exterior”.

Postagens mais visitadas deste blog

Ata de Homologação de candidatura da chapa "TODA LUTA"

UNE lança nova carteira estudantil

Começou no último dia 27  a emissão da nova carteira nacional estudantil. A nova carteira expedida pela União Nacional dos Estudantes teve o layout nacionalmente padronizado e está de acordo com as exigências da Lei que esclarece as medidas relativas à Copa das Confederações FIFA 2013, à Copa do Mundo FIFA 2014 e aos eventos relacionados, que serão realizados no Brasil. A carteira vai garantir 50% de desconto no ingresso para os jogos da Copa das Confederações que acontece agora em junho bem como para o transporte público nos municípios onde os estudantes têm benefícios assegurados. “O funcionamento da carteirinha durante este ano será uma experiência importante para a Copa do Mundo e os demais eventos esportivos que virão. As mudanças também reforçam a credibilidade da carteira como um documento de identificação dos estudantes reconhecido em todo o território nacional”, destaca o presidente da UNE, Daniel Iliescu.
A nova carteira estudantil tem certificado digital e poderá ser emiti…

Xerox na UFRN

Você está indignado com o serviço de Xerox na UFRN? Não agüenta mais ficar em fila? Já precisou várias vezes de material que não teve como copiar? Quer um serviço mais barato e de qualidade? Seus problemas ainda não acabaram, mas podem acabar! O DCE/UFRN, gestão “Da luta não me retiro”, na qualidade de representante legitimado dos estudantes da UFRN, diante da grande quantidade de reclamações de diversos estudantes e Centros Acadêmicos a respeito péssima qualidade do serviço de reprografia atualmente prestado nessa Universidade - as longas filas e esperas, muitas vezes sem conseguir êxito para retirar cópia ou fazer impressão, que têm feito inclusive vários estudantes perderem aula – convoca os estudantes para discutir e pensar soluções práticas para a problemática da Xerox. A última licitação para prestação de serviço de copiadora na UFRN ocorreu em 2002 (concorrência nº 02/2002), o que significa que a empresa que atualmente está na UFRN o faz sem licitação, além de não ser de modo nen…