quarta-feira, 9 de abril de 2014

ATO contra violência obstétrica

Atenção à violência obstétrica.

Mulheres são diariamente vítimas da chamada violência obstétrica em consultórios e hospitais das redes pública e privada de saúde.

Muitas parturientes não sabem dos seus direitos no pré-natal, na hora do parto e no pós-parto e constantemente sofrem com agressões físicas ou emocionais por parte dos profissionais de saúde.

A informação é a melhor prevenção. Informe-se, informe!