terça-feira, 25 de março de 2014

Estudante é atigido por projétil de arma de fogo dentro do Campus.


Projétil
O DCE denuncia o que ocorreu hoje mais cedo, 25 de março de 2014, na parada do circular do setor V da UFRN com o estudante Fábio Henrique, do curso de Turismo. Fábio foi atingido enquanto esperava o ônibus por um projétil de arma de fogo proveniente do centro de treinamento de tiro do Exército Brasileiro.

Projétil
 Na semana que vem, lembraremos com o simbolismo do dia primeiro de abril o golpe militar que tomou o poder do Brasil em 1964. O golpe deu início a uma era povoada de episódios de violações de direitos humanos, perseguições, torturas e assassinatos por ordens do regime comandado pelas forças militares. Fábio foi atingido por um projétil já sem velocidade, que provavelmente já teria ricocheteado em algum objeto, mas termos um estudante ferido, mesmo que superficial e levemente, 50 anos depois do golpe que assombrou o país, desperta indignação. Exigimos um pronunciamento da Reitoria e das Forças Armadas acerca do episódio que aponte soluções e mudanças, já que as reclamações são constantes dos estudantes, principalmente do setor I, acerca da inconveniência da convivência diária com os barulhos incessantes de disparos e que novas ocorrências como essa, de balas-perdidas, não são descartadas.