sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

UFRN é parabenizada no Fórum de gestores federais por conquistas no SiSU

Ao participar da sétima reunião do Fórum de Gestores Públicos Federais do RN, ontem à tarde, na sede do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes no Rio Grande do Norte (DENIT/RN), a reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Ângela Paiva Cruz, anunciou os resultados obtidos pela Instituição, em 2014, no processo seletivo do SiSU/MEC.

Cerca de 95% dos candidatos aprovados na seleção do SiSU/MEC são potiguares e mais da metade dos candidatos foi contemplada com os cursos indicados como primeira opção. A reitora observou, também, que a diferença entre a média da ampla concorrência e a dos alunos contemplados pelo sistema de cotas é mínima. A diferença da nota dos cotistas, segundo dados da Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD), é de apenas 6.8% a menos em comparação à média dos demais candidatos.

Na reunião do Fórum, representantes de 15 instituições públicas federais parabenizaram as conquistas da melhor Universidade pública do Norte e do Nordeste do País e sugeriram a ampliação da pós-graduação para atender à educação contínua desse segmento da administração federal. Nesse sentido, o superintendente da Caixa Econômica Federal, Roberto Sérgio, deverá solicitar em nome do Fórum, a realização de um curso de pós-graduação profissional pela UFRN para os gestores federais.

No encontro de ontem, o Diretor do DENIT, Walter Fernandes, apresentou as metas para 2014, as quais contemplam obras de manutenção pesada, ampliação, restauração, retorno e duplicação de estradas, assim como a construção de terceira faixa e travessias urbanas em estradas federais. Esses serviços vão beneficiar municípios do RN, como Apodi, Currais Novos, Pau dos Ferros, João Câmara, Natal, Macau, Jaçanã, entre outros municípios.

Já a Superintendente do Patrimônio da União no RN (SPU/RN), Ieda Cunha de Medeiros Pereira, expôs que a desatualização do patrimônio predial da União impede estimar a realidade do patrimônio público federal, assim como desfavorece a avaliação do Brasil perante setores que medem o risco de investimento no País.

Um dos poucos do País, o Fórum de Gestores Públicos Federais do RN foi criado em 2012, e tem como finalidade a troca de experiências de gestão dos serviços públicos federais no estado. Mais três encontros estão agendados para este primeiro semestre. O próximo será no mês de março, na Reitoria da UFRN, por ocasião da inauguração do Instituto Metrópole Digital e da Pista de Atletismo do Campus, com a presença de um ministro do governo federal.

Via: UFRN.br