Pular para o conteúdo principal

UFRN integra projeto internacional que pesquisa exoplanetas habitáveis

Como nascem as estrelas e seus planetas? Qual é a importância do campo magnético neste processo de formação? Será a Terra um dos únicos planetas na Via Láctea com água líquida em sua superfície ou haverá muitas outras Terras? Essas são apenas algumas das muitas questões que afrontam os astrônomos da atualidade e que o instrumento SPIRou propõe investigar profundamente na próxima década.

O SPIRou é um projeto internacional liderado pela França, que envolve o observatório astronômico Canada-France-Hawai Telescope (CFHT) e os seguintes países: Canadá, Suíça, Brasil, Taiwan e Portugal. O valor  total de 10 milhões de euros, com um custo de construção de 4 milhões de euros refletem a importância científica que ele representa para os seus parceiros.

No Brasil, o Laboratório Nacional de Astrofísica (LNA/MCTI), a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) participarão no desenvolvimento das fibras ópticas no infravermelho e fornecerão os elementos dispersivos do espectrógrafo, tais como o prisma e a rede de difração do tipo echelle, além de contribuir também com o desenvolvimento científico do projeto.

O professor da UFRN, José Dias do Nascimento Júnior integra a equipe de pesquisadores consultores do projeto. Doutor, em Astrophysique et Techniques Spatiales pela Université de Paul Sabatier, France, (1999) e  pesquisador convidado do Harvard Univsersity no Smithsonian Center for Astrophysics (CfA), Cambridge, US  com bolsa PDE di CNPq, José Dias é professor adjunto da Universidade Federal do Rio Grande do Norte desde 2005.

A matéria completa sobre a participação do Brasil no projeto SPIRou pode ser vista no site do CNPq:  http://www.cnpq.br/exatas-da-terra-e-engenharias.

Via UFRN.br

Postagens mais visitadas deste blog

Ata de Homologação de candidatura da chapa "TODA LUTA"

UNE lança nova carteira estudantil

Começou no último dia 27  a emissão da nova carteira nacional estudantil. A nova carteira expedida pela União Nacional dos Estudantes teve o layout nacionalmente padronizado e está de acordo com as exigências da Lei que esclarece as medidas relativas à Copa das Confederações FIFA 2013, à Copa do Mundo FIFA 2014 e aos eventos relacionados, que serão realizados no Brasil. A carteira vai garantir 50% de desconto no ingresso para os jogos da Copa das Confederações que acontece agora em junho bem como para o transporte público nos municípios onde os estudantes têm benefícios assegurados. “O funcionamento da carteirinha durante este ano será uma experiência importante para a Copa do Mundo e os demais eventos esportivos que virão. As mudanças também reforçam a credibilidade da carteira como um documento de identificação dos estudantes reconhecido em todo o território nacional”, destaca o presidente da UNE, Daniel Iliescu.
A nova carteira estudantil tem certificado digital e poderá ser emiti…

Xerox na UFRN

Você está indignado com o serviço de Xerox na UFRN? Não agüenta mais ficar em fila? Já precisou várias vezes de material que não teve como copiar? Quer um serviço mais barato e de qualidade? Seus problemas ainda não acabaram, mas podem acabar! O DCE/UFRN, gestão “Da luta não me retiro”, na qualidade de representante legitimado dos estudantes da UFRN, diante da grande quantidade de reclamações de diversos estudantes e Centros Acadêmicos a respeito péssima qualidade do serviço de reprografia atualmente prestado nessa Universidade - as longas filas e esperas, muitas vezes sem conseguir êxito para retirar cópia ou fazer impressão, que têm feito inclusive vários estudantes perderem aula – convoca os estudantes para discutir e pensar soluções práticas para a problemática da Xerox. A última licitação para prestação de serviço de copiadora na UFRN ocorreu em 2002 (concorrência nº 02/2002), o que significa que a empresa que atualmente está na UFRN o faz sem licitação, além de não ser de modo nen…