terça-feira, 30 de julho de 2013

UFRN: Elias Jabbour lançará livro sobre a China em Natal na próxima quarta

Existe realmente o que ficou conhecido como “socialismo de mercado”? Há quantas anda o processo de desenvolvimento na China? O que seria o socialismo neste início de século XXI e como se conformaria essa transição numa formação social muito particular? Quais as principais referências teóricas a serem consideradas nesta discussão?

Livro é fruto de 15 anos de pesquisas

As respostas a estas e outras questões são o objeto central das 467 páginas do novo livro de Elias Jabbour sobre a grande potência que se levanta na Ásia. É fruto de mais de 15 anos de estudos, três viagens à China, dois livros anteriores e mais de uma centena de artigos. O livro apresenta outras abordagens, que vão desde a questão agrária e ambiental até problemas regionais, passando pela industrialização do país e sua política de ciência e tecnologia.

Apresentado pelo filósofo italiano Domenico Losurdo e pelo professor da USP, Armen Mamigonian, o livro foi editado em conjunto pela Editora Anita Garibaldi e Editora da Universidade Estadual da Paraíba e será lançado na próxima quarta-feira (7) no Auditório da BCZM (Biblioteca Central Zila Mamede), a partir 19 horas.

Para Édson Moisés, mestrando em Estudo da Linguagem pela UFRN e um dos organizadores do evento, o livro "China Hoje: Projeto Nacional, Desenvolvimento e Socialismo de Mercado" é uma "obra madura e criteriosa sobre as especificidades de uma nação que, por muitas vezes, foi vítima de falácias e escorregões analíticos". Segundo ele, "a análise empreendida por Elias Jabbour consegue dar vigor ao olhar atento e otimista da China frente a contemporaneidade, utilizando-se de um método empírico consistente, referências precisas, além de notável didatismo na linguagem".

O evento é aberto ao público e os participantes que se inscreverem pelo SIGAA terão direito a certificado. Acesse clicando aqui.