sexta-feira, 19 de abril de 2013

UFRN renova parceria para apresentações da Orquestra Sinfônica


A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) renova convênio om o Sistema Fecomércio e assina contrato de cooperação para continuidade do programa Parcerias Sinfônicas. O objetivo é de desenvolver ações formativas entre o Serviço Social do Comércio (SESC) e a Orquestra Sinfônica da Escola de Música da UFRN (OSUFRN) para incentivar a produção musical local, com foco na formação de músicos e de plateia.

O contrato, que renovou o convênio por mais um ano, teve as assinaturas da reitora Ângela Paiva Cruz; do presidente do Sistema Fecomércio, Marcelo Fernandes de Queiroz; da diretora regional do SESC, Jeane Eliad Figueiredo do Amaral; da vice-diretora da Escola de Música da UFRN, Raquel Carmona; e do maestro da Orquestra Sinfônica da Escola de Música, André Muniz.

Segundo Ângela Paiva Cruz, esse tipo de parceria é importante porque mostra a preocupação da Universidade com a formação cidadã.  “Os processos sociais também podem ser inovadores”, frisou Ângela, destacando o crescimento da Escola de Música, que hoje oferece, além do ensino técnico, a graduação e a pós-graduação. Ela exemplifica: “há alguns dias tivemos a formação, de uma só vez, de dez doutores, e isso é um fato inédito na Instituição”.

O presidente da Fecomércio, Marcelo Queiroz, fez questão de falar sobre os acordos já realizados com a UFRN, destacando o atual contrato, considerado “um projeto vitorioso”. A diretora do SESC, Jeane Figueredo, falou sobre a ênfase nos programas culturais e de lazer, de forma que venham a “contribuir efetivamente para o desenvolvimento cultural do estado”.

Raquel Carmona, vice-diretora da Escola de Música, fez referência à importância do projeto para “alavancar” o público, enquanto a diretora do Núcleo de Arte e Cultura (NAC), Teodora Alves, destacou o investimento da atual gestão da UFRN na política cultural.

De acordo com o maestro da OSUFRN, André Muniz, a partir dessa iniciativa, a Escola de Música integra todas as atividades de ensino, pesquisa e extensão por meio da atuação e da execução “de nossos professores e da vinda de solistas que trazem um tipo de informação técnica diferenciada para nossos alunos”.
Projeto

O projeto, iniciado em 2011, permite que a orquestra apresente concertos oficiais, artístico-culturais e didático-pedagógicos voltados para o público-alvo do SESC e para a população em geral. Além disso, a OSUFRN atuará em ações educativas e de desenvolvimentos artístico-culturais para os programas escolares e sociais do SESC-AR/RN, tais como palestras-concerto de grupos camerísticos, famílias de instrumentos, duo ou trios, oficinas musicais, vivências e visitações dos instrumentistas discentes da Orquestra às salas de aula do SESC.

Na sua primeira edição, os grandes clássicos da MPB ganharam uma nova roupagem com o encontro de talentos potiguares, a cantora Camila Masiso e o músico Diogo Guanabara e a Orquestra Sinfônica da UFRN, com arranjos de Willames Costa. A mistura do popular com o erudito rendeu ao projeto o Prêmio Hangar de Música 2011 na categoria melhor show do ano.

A segunda etapa do projeto Parcerias Sinfônicas estreou em junho de 2012, com uma homenagem ao centenário de nascimento de Luiz Gonzaga. O show “Clássicos do Baião: Tributo a Gonzagão” foi apresentado pela primeira vez no evento “Mossoró Cidade Junina”. Essa terceira edição, segundo Daniel Rezende, coordenador cultural do SESC, ainda está em concepção.
Fonte: UFRN.br