Pular para o conteúdo principal

Marcha em Defesa da Educação Pública toma conta das ruas do Centro de Natal



A Marcha em Defesa da Educação realizada nesta quarta-feira (24) em Natal foi mais que uma caminhada. Uma multidão foi às ruas dá um recado aos governantes e cobrar que a educação seja tratada com respeito e como prioridade.


Profissionais da educação, estudantes, pais e a sociedade em geral pediram 100% dos impostos oriundos dos royalties do petróleo, metade dos impostos do pré-sal e 10% do PIB aplicados na educação, além da aprovação imediata do Plano Nacional de Educação. Essas reivindicações são os pontos principais que levaram à Greve Nacional da Educação por três dias.

A mobilização foi para chamar a atenção do Congresso Nacional, do Ministério da Educação, do Governo do Estado, da Assembléia Legislativa, de prefeitos e vereadores para que a educação não seja tratada com indiferença.

O Rio Grande do Norte parou. Em todo estado a categoria participou de inúmeras atividades. Audiências públicas, palestras, atos públicos e manifestações culturais com a participação de diferentes setores sociais aconteceram em diversos municípios.

A Marcha em Natal reuniu representantes de Afonso Bezerra, Apodi, Assú, Boa Saúde, Caiçara do Rio dos Ventos, Campestre, Campo Grande, Ceará Mirim, Currais Novos, Fernando Pedroza, Ielmo Marinho, João Câmara, Lages, Lagoa Danta, Lagoa de Pedra, Lagoa de Velhos, Lagoa Salgada, Maxaranguape, Montanhas, Nízia Floresta, Nova Cruz, Novo Cruz, Parnamirim, Pau dos Ferros, Pedro Avelino, Rio do Fogo, Santa Cruz, São José do Mipibu, São Pedro, São Tomé, Sítio Novo, Tibau do Sul, Umarizal e Vera Cruz.

Os prefeitos de Serra Caiada, Touros, Arês e Canguaretama reconheceram a importância da mobilização da categoria e cederam transporte para que estudantes e profissionais viessem à capital somar na luta pela promoção da educação pública. A Direção do SINTE/RN parabeniza os gestores que compreendem a luta da sociedade e que não tiveram dúvida de que é o momento de unir forças para pressionar o Congresso Nacional na aprovação da pauta reivindicada pelo povo brasileiro através da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação e dos sindicatos.

Os estudantes, através dos grêmios estudantis, deram às ruas o colorido e o vigor da juventude em luta. Levantar o pé do asfalto com palavras de ordem reafirmando a pauta de reivindicação e o apoio à luta coordenada pelo Sindicato. O presidente da UMES-Natal, Whanderley Costa, afirmou que "a luta em prol da educação é em defesa de um país com capacidade soberana de produzir conhecimento e desenvolver suas potencialidades, portanto, é de todos que desejam ver um Brasil grande"

“Foi uma atividade muito bonita e intensa. Agradecemos à banda marcial da Escola Estadual Jean Mermoz, à banda Zumbi dos Palmares da Escola Municipal Celestino Pimentel que deram o suporte cultural ao longo da Marcha, aos funcionários do SINTE/RN pela logística, às entidades e centrais sindicais e à sociedade que acenou, vibrou, buzinou e mandou seu abraço apoiando a luta e a defesa da educação pública”, comemorou a coordenadora geral Fátima Cardoso.

Com informações do SINTE/RN

Postagens mais visitadas deste blog

Ata de Homologação de candidatura da chapa "TODA LUTA"

UNE lança nova carteira estudantil

Começou no último dia 27  a emissão da nova carteira nacional estudantil. A nova carteira expedida pela União Nacional dos Estudantes teve o layout nacionalmente padronizado e está de acordo com as exigências da Lei que esclarece as medidas relativas à Copa das Confederações FIFA 2013, à Copa do Mundo FIFA 2014 e aos eventos relacionados, que serão realizados no Brasil. A carteira vai garantir 50% de desconto no ingresso para os jogos da Copa das Confederações que acontece agora em junho bem como para o transporte público nos municípios onde os estudantes têm benefícios assegurados. “O funcionamento da carteirinha durante este ano será uma experiência importante para a Copa do Mundo e os demais eventos esportivos que virão. As mudanças também reforçam a credibilidade da carteira como um documento de identificação dos estudantes reconhecido em todo o território nacional”, destaca o presidente da UNE, Daniel Iliescu.
A nova carteira estudantil tem certificado digital e poderá ser emiti…

Xerox na UFRN

Você está indignado com o serviço de Xerox na UFRN? Não agüenta mais ficar em fila? Já precisou várias vezes de material que não teve como copiar? Quer um serviço mais barato e de qualidade? Seus problemas ainda não acabaram, mas podem acabar! O DCE/UFRN, gestão “Da luta não me retiro”, na qualidade de representante legitimado dos estudantes da UFRN, diante da grande quantidade de reclamações de diversos estudantes e Centros Acadêmicos a respeito péssima qualidade do serviço de reprografia atualmente prestado nessa Universidade - as longas filas e esperas, muitas vezes sem conseguir êxito para retirar cópia ou fazer impressão, que têm feito inclusive vários estudantes perderem aula – convoca os estudantes para discutir e pensar soluções práticas para a problemática da Xerox. A última licitação para prestação de serviço de copiadora na UFRN ocorreu em 2002 (concorrência nº 02/2002), o que significa que a empresa que atualmente está na UFRN o faz sem licitação, além de não ser de modo nen…