Pular para o conteúdo principal

CA's do Setor II encaminham mobilização sobre a cantina

Reunião na sala do Centro Acadêmico de GPP
Reuniram-se hoje (11) na sala do Centro Acadêmico de Gestão de Políticas Públicas, os Centros Acadêmicos de Letras, Psicologia, Comunicação Social, GPP e Filosofia, para discussão sobre ações conjuntas no sentido de atender às reivindicações dos estudantes do Setor II sobre os problemas enfrentados em relação à cantina. Estiveram presentes também, representando o DCE, os coordenadores gerais Júlio Balisa e Danyelle Guedes.

Coordenadores do DCE e dos Centros Acadêmicos do Setor II estiveram presentes
Após discussão entre os presentes, apurou-se trabalhar em duas frentes: a primeira, em relação à cantina, promover atividade de boicote questionando o tratamento dispensado aos estudantes pelo estabelecimento e a ausência de diversidade dos alimentos oferecidos. A segunda, em relação à Pro-Reitoria de Administração, entregar um abaixo-assinado a ser colhido durante o boicote, reivindicando mudanças no contrato para que o estabelecimento possa fornecer alimentos a preços inferiores.

Para o Coordenador Geral do DCE e estudante de Letras, Júlio Balisa, a reunião foi proveitosa. "Reunimos uma expressiva quantidade de Centros Acadêmicos e a sensação de todos nós é a mesma: a de que é preciso mobilizar o Setor II em uma grande e envolvente campanha. A cada dia que passa, são novas e mais intensas reclamações e precisamos responder a essa insatisfação", afirmou Júlio.

A próxima reunião do movimento será na quinta-feira, quando serão definidos os materiais que darão o tom da campanha de boicote e abaixo-assinado. O Coordenador de Finanças do CAGPP, Thiago Lima, ressaltou o clima de unidade e politização. "Faremos uma campanha organizada e objetiva. Queremos resultados e o compromisso de ambos os lados - universidade e cantina - de que este espaço será, de fato, usado para atender os nossos anseios, o que não acontece hoje, nem sob a ótica do espaço físico, nem da alimentação e nem do tratamento que merecemos que seja respeitoso", concluiu.

Da Redação

Postagens mais visitadas deste blog

Ata de Homologação de candidatura da chapa "TODA LUTA"

UNE lança nova carteira estudantil

Começou no último dia 27  a emissão da nova carteira nacional estudantil. A nova carteira expedida pela União Nacional dos Estudantes teve o layout nacionalmente padronizado e está de acordo com as exigências da Lei que esclarece as medidas relativas à Copa das Confederações FIFA 2013, à Copa do Mundo FIFA 2014 e aos eventos relacionados, que serão realizados no Brasil. A carteira vai garantir 50% de desconto no ingresso para os jogos da Copa das Confederações que acontece agora em junho bem como para o transporte público nos municípios onde os estudantes têm benefícios assegurados. “O funcionamento da carteirinha durante este ano será uma experiência importante para a Copa do Mundo e os demais eventos esportivos que virão. As mudanças também reforçam a credibilidade da carteira como um documento de identificação dos estudantes reconhecido em todo o território nacional”, destaca o presidente da UNE, Daniel Iliescu.
A nova carteira estudantil tem certificado digital e poderá ser emiti…

Xerox na UFRN

Você está indignado com o serviço de Xerox na UFRN? Não agüenta mais ficar em fila? Já precisou várias vezes de material que não teve como copiar? Quer um serviço mais barato e de qualidade? Seus problemas ainda não acabaram, mas podem acabar! O DCE/UFRN, gestão “Da luta não me retiro”, na qualidade de representante legitimado dos estudantes da UFRN, diante da grande quantidade de reclamações de diversos estudantes e Centros Acadêmicos a respeito péssima qualidade do serviço de reprografia atualmente prestado nessa Universidade - as longas filas e esperas, muitas vezes sem conseguir êxito para retirar cópia ou fazer impressão, que têm feito inclusive vários estudantes perderem aula – convoca os estudantes para discutir e pensar soluções práticas para a problemática da Xerox. A última licitação para prestação de serviço de copiadora na UFRN ocorreu em 2002 (concorrência nº 02/2002), o que significa que a empresa que atualmente está na UFRN o faz sem licitação, além de não ser de modo nen…