segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Reunião com Carlos Eduardo na Reitoria - 17/12



Hoje, dia 17 de Dezembro às 17hs ocorreu uma reunião na sala da Reitora com o futuro Prefeito de Natal, Carlos Eduardo. Onde estava presente todo o corpo Administrativo da UFRN e Danyelle Guedes, Coordenadora Geral do DCE.
O encontro teve como objetivo tratar de parcerias entre a UFRN e a Prefeitura de Natal, dentre as quais algumas questões ainda pendentes de ações por parte do Poder Executivo Municipal.

Na pauta da reunião constam alguns pontos como o aumento do número de ônibus circulares no Campus Central; uma maior atenção para a solução das licenças de obras; a questão das ciclovias e do anel viário do Campus; e questões pendentes envolvendo a Maternidade-Escola Januário Cicco.

Relato sobre a reunião da nossa Coordenadora,  Danyelle Guedes:
Foi uma reunião para abrir portas para a realização de um bom trabalho nessa próxima gestão municipal. A reitora começou suas colocações falando da infraestrutura da UFRN, mais especificamente do transporte, o “circular”. Foram relatadas ao futuro prefeito as dificuldades que os estudantes enfrentam diariamente ao utilizar o circular, que atua nos últimos anos com uma frota que não atende as reais demandas da universidade. Na questão do transporte o Pró-reitor de Infraestrutura – Gustavo, a Pró-reitora de Assuntos Estudantis – Janeusa e eu, como representante dos estudantes não medimos as palavras para falar da precariedade desse serviço em nosso campus. Falei ainda do ultimo acontecimento que foi a mudança de itinerário de algumas linhas de ônibus que passam pelo campus, o que prejudicou muitos estudantes e foi lembrada também a necessidade de ônibus com acessibilidade.
Vale salientar que a UFRN nesse próximo ano irá construir ciclovias dentro do campus e pede a ajuda da prefeitura para a construção dessas ciclovias também no anel viário.
Carlos Eduardo se mostrou favorável e apontou como a solução do transporte público de Natal a licitação dos transportes. E afirma que “As necessidades da Prefeitura não serão sanadas em curto prazo”.
O segundo ponto que a reitora falou, foi sobre a saúde, mais precisamente sobre o caos que está na Maternidade-Escola Januário Cicco. Relatou que a MAJEC que só é para atender média e alta complexidade vem fazendo atendimentos normais devido à falta de atendimento nas maternidades municipais. Isso está prejudicando a formação dos estudantes, portanto a prefeitura deve agir logo no intuito de desafogar a MAJEC.
A diretora da MAJEC fala ainda que “não estamos conseguindo ensinar aos nossos alunos como realmente devemos, estamos fazendo apenas a assistência devido o grande número de pacientes. Chegamos a ter mais de 30 mulheres no corredor, coisa que nunca aconteceu, estão sendo feitos 18 cesárias por dia.” A prefeitura precisa debruçar na assistência materno-infantil para que a UFRN possa priorizar o ensino.
Carlos Eduardo falou do ponto positivo em ter como Secretário de Saúde, Cipriano, pois acredita que irá facilitar o trabalho junto a UFRN. E disse que “Cipriano é bem articulado nacionalmente, então temos certeza que iremos solucionar esses problemas”.
Janeusa falou ainda da necessidade de um olhar especial à educação básica devido à nova política de cotas do governo federal.
Carlos Eduardo apenas concordou e comentou que a Procuradoria passou os dados que o déficit do Município com a educação já vai em 150 milhões.

Foi uma reunião bastante proveitosa, essa semana ainda eu irei me reunir com o Secretário de Infraestrutura mais o Pró-reitor de infraestrutura da UFRN para discutirmos melhor a questão dos transportes. A todo o momento Carlos Eduardo foi atencioso aos questionamentos e coerente com as respostas, pois entendemos que ele não podia falar mais do que falou. O município esta é estado de calamidade e o desafio será grande.