quinta-feira, 22 de março de 2012

Pronzato lança em Aracaju documentário sobre ação no Pinheirinho

Depois de São José dos Campos, São Paulo e Salvador, é a vez de Aracaju lançar o documentário “Pinheirinho – tiraram minha casa, tiraram minha vida”. A exibição acontece nesta sexta-feira (23), em Aracaju, a partir das 18h30, na sede do Sindicato dos Petroleiros (SINDIPETRO).

Por Paulo Victor*


Do cineasta independente Carlos Pronzato, o documentário narra os percursos das 1800 famílias que viviam no bairro popular do Pinheirinho organizado a partir de uma ocupação, em São José dos Campos, e foram expulsas em 22 de janeiro deste ano pelas forças policiais do Governo do Estado de São Paulo.

A partir de depoimentos de moradores da ocupação, lideranças comunitárias e militantes sociais, o documentário revela como o Estado brasileiro negligencia direitos da população pobre e atua na defesa dos interesses de uma minoria rica.

Após a exibição do documentário será realizado um debate com a presença do diretor Carlos Pronzato; um representante do Movimento Organizado dos Trabalhadores Urbanos de Sergipe (MOTU); e Zeca Oliveira.

Durante o lançamento será feita uma reflexão sobre o direito à moradia no Brasil, a criminalização dos movimentos sociais e como a luta pela moradia se dá em Aracaju.

*Paulo Vctor é jornalista.