Pular para o conteúdo principal

Carta de repúdio à eleição para Coordenação do curso Comunicação Social da UFRN

O Centro Acadêmico Berilo Wanderley do curso de Comunicação Social, publicou nesse sábado (01) uma carta esclarecendo aos alunos o conturbado processo eleitoral para Coordenação do Curso. Confira a Carta:

Carta de repúdio à eleição para Coordenação do curso

Atenção, alunos, o que vamos escrever é muito importante e fundamental que você leia até o fim. Esta carta diz respeito diretamente à qualidade e gestão do curso de Comunicação Social da UFRN e seu objetivo é tornar público alguns fatos referentes ao processo eleitoral para a coordenação do nosso curso.

A eleição que ocorreria no próximo dia 05/10 não se realizará mais nesta data, já que a comissão eleitoral foi dissolvida, pois as duas chapas inscritas foram ''estimuladas'' a tirar as candidaturas e esvaziar o processo eleitoral. O que é lastimável. Nós do Centro Acadêmico Berilo Wanderley e demais alunos ficamos felizes em saber que a coordenação, muitas vezes, preterida pelos professores em eleições passadas, agora tinha mais de um candidato na disputa do cargo. Isso naturalmente resultaria num aprimoramento do debate político em torno dos graves problemas existentes na coordenação do nosso curso. Daria a nós, estudantes, direito de escolha.

O Processo Eleitoral:

Uma comissão eleitoral autônoma e independente foi formada para gerir o processo. Na sexta-feira dia 23/09 a mesma comissão homologou a candidatura das duas chapas. Contudo, na segunda-feira 26/09, a comissão recebe o estranho pedido de renúncia das chapas.

Na quarta-feira 28/09 recebemos a notícia de que apenas UMA chapa disputará as eleições e ela agrega membros das duas composições que concorriam anteriormente o pleito. Mas por quê? Qual o problema de uma eleição com duas chapas? Quem tem medo do debate de ideias dentro do Departamento de Comunicação Social da UFRN?

O alegado é que essa nova chapa foi formada de modo “consensual” para mostrar a união do departamento em torno de apenas dois nomes. Mas, se fosse mesmo consenso, a chapa deveria estar composta desta forma desde o início da eleição, e não às vésperas do pleito. Não é verdade?

Por que só depois de a eleição ter sido homologada, surge uma chapa única? Pra quem é interessante uma eleição com apenas uma chapa? As dúvidas são muitas. Talvez o chefe do nosso departamento tenha a resposta para essa e outras questões.

Queremos deixar claro que os estudantes não foram consultados, EM NENHUM MOMENTO, sobre o que nós queremos para a coordenação do nosso curso. Fique claro também que não temos nada contra os professores que participaram do processo eleitoral, pois os alunos precisam saber que isso não partiu dos candidatos. A eleição sofreu um processo de interferência externo, que passou por cima da comissão eleitoral e revelou o jogo de acomodação de interesses que virou essa eleição.

O Acordo:

Antes do esvaziamento da eleição, o Professor Herculano Campos, eleito novo diretor do CCHLA, mesmo sem ter tomado posse, participou de uma reunião para “CONVERSAR” com as duas chapas (fique claro que Herculano não tem motivos para se envolver no processo eleitoral de uma coordenação de curso, que como dissemos é independente e autônomo). Assim, no mínimo, estranhamos a presença do novo diretor do CCHLA na reunião. É necessário salientar que o chefe do nosso Departamento foi um dos principais cabos eleitorais de Herculano durante a campanha e é o principal apoio do novo diretor do centro nesta gestão que se inicia.

Não sabemos o que foi proposto nessa “CONVERSA”, mas, logo depois do encontro, os professores retiraram suas candidaturas e a eleição foi esvaziada. O CABW e nenhum dos mais de 950 discentes do departamento foram convidados a participar dessa reunião. Naturalmente a dúvida surge, havia algo ali que os alunos do curso não poderiam saber ou opinar? Será que está acontecendo uma troca de favores entre quem não assume publicamente seu posicionamento e usa da influência de terceiros para fazê-lo?

Uma nova reunião aconteceu na quarta-feira (28/09), novamente o diretor do centro estava presente, o por quê? Só ele poderá nós explicar. O fato é que nessa reunião foi formada uma chapa única para as eleições da coordenação do curso de Comunicação Social da UFRN.

Caro aluno, para nós, está dando para sentir de longe o cheiro do acordão nas eleições para coordenação do curso. Está claro que fomos impedidos de ter escolha nesta eleição. Está claro que o interesse dos estudantes ficou em segundo plano, o que imperou aqui foi o interesse de quem usou a influência do novo diretor do centro para desestimular o processo eleitoral com duas chapas, tentando estabelecer uma hipócrita relação de unidade dentro do Departamento de Comunicação, essa chapa foi imposta em “acordo”. Não é a chapa do consenso, é a chapa do ACORDÃO.

Sabemos que podemos sofrer retaliações pelo posicionamento que expressamos nesta carta, porém não podemos esquecer que estamos em um curso de COMUNICAÇÃO e é daqui que deve sair o exemplo de clareza e transparência dentro de processos eleitorais como esse. Não seria correto sabermos do que aconteceu e ficarmos calados ao ver o direito do estudante ser desrespeitado dessa forma. Temos o direito de escolher o nosso coordenador!

É com sinceridade que desejamos que essa nova coordenação, caso eleita, consiga ser independente e alheia as interferências externas durante seu mandato. Para concluir, o CABW repudia veementemente esse processo eleitoral arbitrário, deixando claro que continuaremos a defender nosso maior propósito, os estudantes de Comunicação Social da UFRN.

Centro Acadêmico Berilo Wanderley – gestão eleita: “Unidos Podemos Mais”


Publicado originalmente no Blog do CA de Comunicação Social: Integração – unidos podemos mais

Postagens mais visitadas deste blog

Ata de Homologação de candidatura da chapa "TODA LUTA"

UNE lança nova carteira estudantil

Começou no último dia 27  a emissão da nova carteira nacional estudantil. A nova carteira expedida pela União Nacional dos Estudantes teve o layout nacionalmente padronizado e está de acordo com as exigências da Lei que esclarece as medidas relativas à Copa das Confederações FIFA 2013, à Copa do Mundo FIFA 2014 e aos eventos relacionados, que serão realizados no Brasil. A carteira vai garantir 50% de desconto no ingresso para os jogos da Copa das Confederações que acontece agora em junho bem como para o transporte público nos municípios onde os estudantes têm benefícios assegurados. “O funcionamento da carteirinha durante este ano será uma experiência importante para a Copa do Mundo e os demais eventos esportivos que virão. As mudanças também reforçam a credibilidade da carteira como um documento de identificação dos estudantes reconhecido em todo o território nacional”, destaca o presidente da UNE, Daniel Iliescu.
A nova carteira estudantil tem certificado digital e poderá ser emiti…

Xerox na UFRN

Você está indignado com o serviço de Xerox na UFRN? Não agüenta mais ficar em fila? Já precisou várias vezes de material que não teve como copiar? Quer um serviço mais barato e de qualidade? Seus problemas ainda não acabaram, mas podem acabar! O DCE/UFRN, gestão “Da luta não me retiro”, na qualidade de representante legitimado dos estudantes da UFRN, diante da grande quantidade de reclamações de diversos estudantes e Centros Acadêmicos a respeito péssima qualidade do serviço de reprografia atualmente prestado nessa Universidade - as longas filas e esperas, muitas vezes sem conseguir êxito para retirar cópia ou fazer impressão, que têm feito inclusive vários estudantes perderem aula – convoca os estudantes para discutir e pensar soluções práticas para a problemática da Xerox. A última licitação para prestação de serviço de copiadora na UFRN ocorreu em 2002 (concorrência nº 02/2002), o que significa que a empresa que atualmente está na UFRN o faz sem licitação, além de não ser de modo nen…