Pular para o conteúdo principal

Número de Vítimas da Ditadura Chilena pode chegar a 40mil

O número oficial de vítimas da ditadura militar chilena (1973-1990), sob o comando de Augusto Pinochet, subiu para 40.280 pessoas, entre assassinados, desaparecidos e torturados. O dado consta no novo relatório oficial da Comissão Assessora para a Qualificação de Presos, Desaparecidos, Executados Políticos e Vítimas de Prisão Política e Tortura (mais conhecida como Comissão Valech), entregue na quinta-feira ao presidente Sebastián Piñera. Ao número estimado em 2003, de 27.200 vítimas, o novo relatório acrescentou mais 9.800 casos de torturas e 30 de desaparições e execuções no período da ditadura. Para chegar ao resultado, a pesquisa se baseou em dados do Exército, polícia, prisões, imprensa, organismos de direitos humanos e comissões anteriores.

O considerável aumento na cifra poderia ter sido ainda maior, pois, segundo a diretora da comissão, María Luisa Sepúlveda, em entrevista a Cubadebate, durante os dois anos de investigação foram ouvidas 32 mil pessoas que declararam sentir-se vítimas da ditadura militar chilena.
Ela explica que o fato de a comissão ter reconhecido apenas nove mil casos não quer dizer que as outras quase 23 mil pessoas não tenham sido vitimadas. "Isso não significa que algumas delas não foram vítimas; na ocasião não se pôde estabelecer o motivo político", esclarece.

"Algumas se sentiam vítimas por haver sofrido uma invasão de domicílio violenta; ou eram filhos de pessoas que foram presas; ou participaram em manifestações públicas reprimidas que não chegaram a tribunais; ou eram recrutas que foram vítimas de maus tratos; ou simplesmente não se pôde demonstrar os fatos", detalha. 

Segundo o Grupo de Familiares de Presos e Desaparecidos, o número de vítimas é maior do que o resultado das investigações, podendo chegar a 100 mil, ou seja, mais que o dobro do reconhecido até agora. Frente a isto, organizações sociais afirmaram que comissões de investigação deveriam ser permanentes, para facilitar que mais casos de violações venham à tona.

Com o reconhecimento das violações, "autoridades chilenas baixarão decreto de reparação e as pessoas passarão a receber uma pensão mensal de 256 dólares e benefícios em saúde e educação, como já é feito com as outras vítimas", diz Maria Luisa. O valor também é criticado por ativistas de direitos humanos, que o consideram baixo.

Em 1991, um ano após o fim da ditadura militar, a Comissão de Verdade e Reconciliação foi instalada para investigar as violações aos direitos humanos cometidas contra militantes de esquerda. À época, foram contabilizadas apenas 2.200 mortes atribuídas ao Estado. Havia ainda muito medo de denunciar os abusos, segundo organizações sociais. Já em 2003 a Comissão Valech foi instalada pela primeira vez e chegou ao número de 27.200 vítimas.

Postagens mais visitadas deste blog

Ata de Homologação de candidatura da chapa "TODA LUTA"

Edital da Eleição para o Diretório Central dos Estudantes José Silton Pinheiro

Universidade Federal do Rio Grande do Norte Diretório Central dos Estudantes da UFRN – José Silton Pinheiro Comissão Eleitoral
EDITAL
A Comissão Eleitoral, autônoma, eleita em CEB, convocado e realizado no Diretório Central dos Estudantes – (DCE UFRN), realizado no último dia quatro de abril de dois mil e dezessete, no uso de suas atribuições legais e prerrogativas outorgadas em CEB, RESOLVE:
Capítulo I: Da Comissão Eleitoral, sua composição e competências
Art. 1º - Informar da sua composição eleita em CEB supracitado:
I.Rafael Leite da Silva Bune (Pedagogia); II.Gustavo Rodrigues da Costa (Gestão de Políticas Públicas); III.Paula Lays de Lima e Silva (Direito);

HOMOLOGAÇÃO CHAPAS DE DELEGADOS AO 55 CONUNE

A Comissão Eleitoral para o processo de eleição dos e das delegados/das da UFRN ao 55º CONUNE, devidamente instituída pela Coordenação desta entidade, faz saber as chapas homologadas para o processo de campanha. Sendo elas:

CHAPA 1 - "ENFRENTE"
CHAPA 2 - "OCUPAR E RECONQUISTAR A UNE"
CHAPA 3 - "VAI LUTAR OU VAI TEMER?"

     Vale salientar que devido ao grande volume de inscritos para cada chapa, esta Comissão está compilando todos os nomes homologados de cada chapa, estes serão publicizados nesta sexta-feira(26/05/2017).
     Sem mais para o momento, autorizamos o início da campanha eleitoral conforme o Edital deste processo.


COMISSÃO ELEITORAL - DCE UFRN - 55º CONUNE