Pular para o conteúdo principal

17º Grito dos Excluídos.

No dia 7 de setembro acontece o 17ª Grito dos excluídos. 
O tema é Pela Vida grita a TERRA... Por direitos todos nós! 
Em Natal, acontece a Marcha dos Excluídos no dia 06 de Setembro
com concentração apartir das 08:30h na praça das Flores (Mãe Luiza)

São tantos gritos que ecoam pelo mundo. A Mãe Terra "geme como em dores de parto” (Rm 8,22). As catástrofes ambientais e o aquecimento global, conseqüência do desequilíbrio causado pela mentalidade consumista e pelo modelo de produção vigente da economia atual, a miséria e a pobreza, a concentração de riquezas e exploração irresponsável dos recursos naturais, são gritos por sustentabilidade, cuidado, justiça e dignidade que ecoam mundo afora.

O Grito dos/as Excluídos/as pretende levar às ruas o grito da Mãe Terra, sofrida com tantos projetos de morte. Estes, escondidos atrás das máscaras da mídia, do desenvolvimento e do lucro, destroem a natureza, colocam em risco a vida sobre o Planeta, negam os direitos básicos da população: saúde, educação, moradia, acesso à Terra, à Água, lazer, cultura, emprego, soberania alimentar... O governo anuncia o ascenso de 35 milhões de pessoas à classe média, porém, isso não significa que os direitos básicos destes e dos que continuam a linha de pobreza e miséria tenham sido garantidos.

Para nós cristãos, ficam as perguntas: Ainda temos excluídos/as? Onde eles/as estão? Eles/as reconhecem que são excluídos/as? Vimos que os/as excluídos/as continuam existindo e o Grito continua com sua razão de existir. Nossa missão é identificar as realidades de exclusão, ter consciência delas e transformá-las. Ser excluído/a é uma realidade que ninguém deseja ser, mas é real, não podemos negá-la. Esse é o primeiro passo na luta pela inclusão, contra todo tipo de exclusão. Incluir as pessoas, dar visibilidade aos processos alternativos, apontar esperanças para uma outra sociedade possível é movida pela compaixão, pela não indiferença e manifesta de amor. Os gritos que ecoam pelo Brasil vão tecendo o sonho de vida para todos. Em nossa diocese, as regiões e paróquias são à criatividade para fortalecer os sonhos em favor da Mãe Terra, Terra de Deus e nossa, dos direitos dos pobres, filhos/as da Terra, pobres de Deus.

Cada lugar deve discutir e encontrar a sua maneira de gritar. Pode-se fazer caminhadas, passeatas, participar das marchas, plebiscitos, abaixo-assinados, ações ecológicas e momentos de formação. Vamos gritar o grito da vida e da esperança da nova humanidade.

Postagens mais visitadas deste blog

Ata de Homologação de candidatura da chapa "TODA LUTA"

UNE lança nova carteira estudantil

Começou no último dia 27  a emissão da nova carteira nacional estudantil. A nova carteira expedida pela União Nacional dos Estudantes teve o layout nacionalmente padronizado e está de acordo com as exigências da Lei que esclarece as medidas relativas à Copa das Confederações FIFA 2013, à Copa do Mundo FIFA 2014 e aos eventos relacionados, que serão realizados no Brasil. A carteira vai garantir 50% de desconto no ingresso para os jogos da Copa das Confederações que acontece agora em junho bem como para o transporte público nos municípios onde os estudantes têm benefícios assegurados. “O funcionamento da carteirinha durante este ano será uma experiência importante para a Copa do Mundo e os demais eventos esportivos que virão. As mudanças também reforçam a credibilidade da carteira como um documento de identificação dos estudantes reconhecido em todo o território nacional”, destaca o presidente da UNE, Daniel Iliescu.
A nova carteira estudantil tem certificado digital e poderá ser emiti…

Xerox na UFRN

Você está indignado com o serviço de Xerox na UFRN? Não agüenta mais ficar em fila? Já precisou várias vezes de material que não teve como copiar? Quer um serviço mais barato e de qualidade? Seus problemas ainda não acabaram, mas podem acabar! O DCE/UFRN, gestão “Da luta não me retiro”, na qualidade de representante legitimado dos estudantes da UFRN, diante da grande quantidade de reclamações de diversos estudantes e Centros Acadêmicos a respeito péssima qualidade do serviço de reprografia atualmente prestado nessa Universidade - as longas filas e esperas, muitas vezes sem conseguir êxito para retirar cópia ou fazer impressão, que têm feito inclusive vários estudantes perderem aula – convoca os estudantes para discutir e pensar soluções práticas para a problemática da Xerox. A última licitação para prestação de serviço de copiadora na UFRN ocorreu em 2002 (concorrência nº 02/2002), o que significa que a empresa que atualmente está na UFRN o faz sem licitação, além de não ser de modo nen…