sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Estudantes param a Avenida Rio Branco

Na manhã desta quinta-feira (24/02), Movimentos Estudantis, a Central Única dos Trabalhadores, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Natal (Sinsenat) e a Associação dos Trabalhadores de Transporte Opcional do RN (Astoern) interditaram a Avenida Rio Branco protestando contra o aumento abusivo das passagens de ônibus da capital.
 

A manifestação começou por volta das 8hrs com concentração no Baldo, no centro da cidade, antes de sair pela Rio Branco em caminhada para Prefeitura com cerca de 500 estudantes.
 

Na pauta de manifestação estava a Revogação do aumento das passagens, Pagamento imediato dos salários atrasados da ATIVA, Saúde pública e de qualidade! Não às privatizações, o Sucateamento da educação e a Bilhetagem Única para ônibus e alternativos.
 
Rivaldo Andrade, presidente do sindicato, discorda da bilhetagem proposta pela prefeitura. Para o sindicalista, o sistema oferecido é “falso e mentiroso”. A Prefeitura do Natal propõe que a população utilize um cartão de passagens com dois chips, um para colocar crédito a ser usado nos alternativos e o outro para os ônibus, permitindo que o usuário escolha quanto irá colocar de crédito em cada chip. O Sintoparn quer um cartão com apenas um chip, no qual os passageiros coloquem crédito para as duas opções de transporte. Os motoristas argumentam que a proposta da prefeitura não é uma unificação, visto que segrega alternativos de ônibus.