terça-feira, 9 de novembro de 2010

Posicionamento do DCE-UFRN na consulta para Reitoria

Diretório Central dos Estudantes

SE O SEU VOTO NÃO VALESSE NADA, O QUE VOCÊ FARIA? NÓS VOTAMOS NULO! QUER SABER POR QUÊ? 

Ao exercer o papel de entidade representativa dos estudantes da UFRN, o Diretório Central dos Estudantes assume também dois compromissos dos quais não pode fugir: o compromisso com os estudantes e o compromisso com a coerência política de suas ações. Sem essas obrigações, o DCE perde todo o seu significado.
.         
Atualmente, a UFRN vive um momento de disputa, em que duas candidaturas pleiteiam o cargo mais importante da Instituição: a cadeira de Reitor(a) e Vice-Reitor(a) da Universidade.
.  
De um lado, temos a Chapa 01, formada pela Professora Arlete (Administração) e pelo Professor Manuel Lucas (Eng. Civil). Para conhecer as propostas consulte: http://www.arletenovolhar.com/.
.
Do outro lado, temos a Chapa 02, formada pela Professora Ângela (Filosofia) e pela Professora Fátima (Biologia). Para conhecer as propostas consulte: http://www.novasconquistasufrn.com.br/.
.
Em nossa avaliação, após vários debates, rodas de conversas e questionamentos, as candidaturas apresentaram algumas diferenças administrativas, mas no geral nenhuma delas traz, efetivamente, diferenciação no modelo político de gestão.
.
No entanto, há uma semelhança entre as duas candidaturas que obriga o DCE e o movimento estudantil a se posicionar pelo voto nulo: a importância que elas dão ao peso do voto do estudante.
.
Nessas eleições, existe um fator fundamental que, apesar de nossos esforços, poucos estudantes ainda sabem: o peso de nosso voto é insignificante. Para que a categoria estudantil tenha, verdadeiramente, o mesmo peso da categoria de funcionários e professores, os mais de 30 mil estudantes da UFRN devem comparecer às urnas.
.
Ora, isso é impossível. Não por desinteresse dos estudantes, mas pelas próprias possibilidades do processo eleitoral. A eleição ocorre apenas em um único dia e com pouquíssimas urnas fixas. A média histórica de participação dos estudantes gira em torno dos 5 mil estudantes.
.
Esse processo eleitoral é assim não por acaso. Tanto o grupo político que constitui a Chapa 01, como o grupo político que forma a Chapa 02, em comum acordo, decidiram por esse formato de eleição, cerceando completamente o direito do estudante de poder decidir os rumos da nossa Universidade.
.
Ou seja, fomos convocados a participar de uma eleição em que nosso voto simplesmente não vale nada! Nossa opinião não ajudará, nem um pouco, a decidir o resultado das eleições!
.
Por tudo isso, pelo compromisso de defender os interesses dos estudantes e pela coerência política de sustentar uma luta pela real democracia universitária, o DCE e vários Centros Acadêmicos de cursos decidiram por votarem NULO nessas eleições, um voto de protesto pela tentativa de tornar os estudantes figurantes nesse momento tão importante. Votamos nulo e pedimos que você, estudante, faça o mesmo.
.
Vamos votar nulo e ajudar à Comunidade Acadêmica a perceber que precisamos de maior liberdade e igualdade dentro dos muros da Universidade.
.
Democracia.
Dessa luta eu não me retiro!
Diretório Central dos Estudantes José Silton Pinheiro
Gestão 2010/2011 “Da luta não me retiro”
Natal, 08 de novembro de 2010