Pular para o conteúdo principal

MANIFESTO EM DEFESA DO RIO GRANDE DO NORTE

O Rio Grande do Norte corre o risco de ser o único estado brasileiro governado pelo
Democratas, um partido que pouco a pouco perde espaço na política nacional, mesmo após abandonar a antiga sigla (PFL) numa tentativa de esconder seu DNA.
Qual seria o DNA do DEM?

Enquanto os movimentos sociais lutavam contra a ditadura, existiam apenas
dois partidos aceitos pelo regime militar. O MDB – Movimento Democrático Brasileiro -
agregava quem era contrário ao regime, enquanto a ARENA – Aliança Renovadora Nacional -
sustentava politicamente o regime que foi responsável por torturar e matar os “subversivos”.

Quando da restauração do pluripartidarismo no Brasil, em 1979, a ARENA se
transforma em PDS – Partido Democrático Social. O PFL (atual DEM), portanto, nada mais é
do que uma dissidência do PDS (antiga ARENA).

Não bastasse ter no seu histórico a sustentação de um regime ditatorial, o DEM tem
se revelado um partido liberal, defensor da política de privatizações do PSDB, contrário às
políticas sociais que ampliam os direitos dos mais pobres. Foi o Democratas, por exemplo,
que entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra o PROUNI, um programa
que oferece bolsas de estudo em faculdades particulares a estudantes carentes.

No Rio Grande do Norte, as duas principais lideranças do DEM são Rosalba Ciarlini
e José Agripino, dois dos três senadores do estado. Ela é candidata a governadora e ele é
candidato à reeleição. Ambos aparecem à frente nas pesquisas, embora representem atraso
para o RN e para o Brasil.

Rosalba, que conseguiu maquiar o corredor turístico da cidade de Mossoró
com dinheiro dos royalties de petróleo, diz ser responsável pela expansão do IFRN,
embora os estudantes, servidores e professores da instituição, através de suas entidades
representativas, já tenham lançado uma nota de repúdio contra as mentiras da Rosa. Se
vocês não se lembram, ela foi protagonista do escândalo das passagens aéreas, utilizando a
cota de passagens do Senado para sua família realizar viagens turísticas no país e no exterior.

Agripino, que sempre chamou o Bolsa Família de “bolsa esmola” e que acusou Dilma
Rousseff de mentirosa por ela ter enfrentado a tortura sem delatar seus companheiros,
representa o que há de mais conservador na política potiguar e na política nacional. Sua
família controla cinco rádios e a TV Tropical (afiliada da Record). Se vocês não se lembram, ele
utilizou a verba indenizatória do Senado para pagar a taxa de condomínio do luxuoso
apartamento onde mora, alegando que lá funcionava também o seu escritório.

Em 2008, Agripino e Rosalba vieram a Natal defender a eleição da atual prefeita
Micarla de Sousa (PV), proprietária da TV Ponta Negra (afiliada da SBT). Hoje, a grande maioria
da população de Natal está arrependida de ter acreditado nas promessas de Micarla, que dá
um belo exemplo de como não se administrar uma cidade: atrasa o pagamento dos
servidores, privatiza serviços essenciais e ainda pinta tudo de verde.

Diante do retrocesso que seria a eleição de Rosalba Ciarlini para o Governo do RN e a
reeleição de José Agripino para o Senado, decidimos lançar este manifesto em defesa do Rio
Grande do Norte, em defesa do voto consciente, em defesa da ética e da democracia.


Gestão DCE-UFRN- Da Luta Não Me ReTiRO!

Postagens mais visitadas deste blog

Ata de Homologação de candidatura da chapa "TODA LUTA"

Edital da Eleição para o Diretório Central dos Estudantes José Silton Pinheiro

Universidade Federal do Rio Grande do Norte Diretório Central dos Estudantes da UFRN – José Silton Pinheiro Comissão Eleitoral
EDITAL
A Comissão Eleitoral, autônoma, eleita em CEB, convocado e realizado no Diretório Central dos Estudantes – (DCE UFRN), realizado no último dia quatro de abril de dois mil e dezessete, no uso de suas atribuições legais e prerrogativas outorgadas em CEB, RESOLVE:
Capítulo I: Da Comissão Eleitoral, sua composição e competências
Art. 1º - Informar da sua composição eleita em CEB supracitado:
I.Rafael Leite da Silva Bune (Pedagogia); II.Gustavo Rodrigues da Costa (Gestão de Políticas Públicas); III.Paula Lays de Lima e Silva (Direito);

HOMOLOGAÇÃO CHAPAS DE DELEGADOS AO 55 CONUNE

A Comissão Eleitoral para o processo de eleição dos e das delegados/das da UFRN ao 55º CONUNE, devidamente instituída pela Coordenação desta entidade, faz saber as chapas homologadas para o processo de campanha. Sendo elas:

CHAPA 1 - "ENFRENTE"
CHAPA 2 - "OCUPAR E RECONQUISTAR A UNE"
CHAPA 3 - "VAI LUTAR OU VAI TEMER?"

     Vale salientar que devido ao grande volume de inscritos para cada chapa, esta Comissão está compilando todos os nomes homologados de cada chapa, estes serão publicizados nesta sexta-feira(26/05/2017).
     Sem mais para o momento, autorizamos o início da campanha eleitoral conforme o Edital deste processo.


COMISSÃO ELEITORAL - DCE UFRN - 55º CONUNE