Pular para o conteúdo principal

Legalização do ABORTO!


A construção de uma sociedade livre de qualquer tipo de discriminação e de desigualdade passa pela eliminação de todas as bases que as sustentam e as legitimam: a guerra, a discriminação, a violência, o machismo, o racismo e a homofobia. Transformar a sociedade passa também por questionar as imposições de padrões de comportamento sexual, a luta pelo direito ao aborto representa o questionamento da maternidade como destino biológico de todas as mulheres.
Afirmar que a mulher pode escolher pela continuidade ou não de uma gravidez indesejada significa dizer que ela tem direito de dispor sobre seu próprio corpo, sua integridade física e exercer livremente a própria sexualidade desassociando sua sexualidade da maternidade. Dessa forma, a bandeira da legalização do aborto é um questionamento da estrutura, valores da sociedade. Nossa luta, logo, está conectada com a transformação dessa sociedade e caminha para a construção de uma sociedade que seja igualitária, justa, solidária e libertária.

A caracterização como delito, não evita a realização do aborto, ao contrário, penaliza as mulheres mais pobres e negras que não têm condições de realizá-lo em clínicas particulares e seguras. Incentiva, portanto, sua prática clandestina. Feitos na ilegalidade e, em geral, em péssimas condições são uma das principais causas da mortalidade feminina decorrente de complicações na gravidez. Muitas mulheres provocam seus próprios abortos com uso de citotec, agulhas de tricô, água sanitária, o que leva a sérias complicações e à morte.

No Brasil, setores conservadores têm atuado em diversos âmbitos, seja no legislativo, seja no judiciário, seja nos meios de comunicação, para influenciar a opinião das pessoas no sentido de se posicionarem contra o direito das mulheres decidirem sobre suas próprias vidas e de suprimir os direitos conquistados historicamente pelas mulheres. A UNE vem, através da Campanha Pela Legalização do Aborto, apresentar um outro olhar sobre essa tema, compartilhando com o movimento feminista a defesa da vida das mulheres. É necessário nos prepararmos para superar as condições desiguais em que essa discussão está sendo colocada, o quê significa construir uma ampla mobilização a favor do direito ao aborto.

Não fazemos apologia ao aborto, respeitamos posições contrárias seja por motivos religiosos seja por outras razões. Contudo, devemos lembrar que o Estado é laico, ou seja, o credo de alguns não pode se regra para todos os cidadãos. A legalização do aborto não implica em sua obrigatoriedade, mas que a mulher tomando esta difícil decisão será respeitada e terá assistência de maneira digna e segura no Sistema Único de Saúde. Defender a legalização do aborto significa defender um sistema de saúde pública que atenda às demandas reais colocadas pela sociedade.fiz alterações de algumas palavras, mas mantive o conteúdo.

Foi com esse entendimento que, no último Encontro de Mulheres da UNE, realizado na Universidade Federal do Rio de Janeiro, em abril de 2007, centenas de estudantes colocaram a luta da legalização do aborto como luta prioritária para a UNE. Posteriormente, o 50º Congresso da UNE aprovou esta diretriz como sendo uma luta de todos os estudantes brasileiros. Essa luta não é apenas da UNE, mas de todo o movimento de mulheres e daqueles e daquelas que buscam a construção de um mundo justo e fraterno, especialmente as jovens mulheres que são parcela significativa que recorre ao aborto clandestino.


Organize- se nessa Campanha 

Postagens mais visitadas deste blog

Xerox na UFRN

Você está indignado com o serviço de Xerox na UFRN? Não agüenta mais ficar em fila? Já precisou várias vezes de material que não teve como copiar? Quer um serviço mais barato e de qualidade? Seus problemas ainda não acabaram, mas podem acabar! O DCE/UFRN, gestão “Da luta não me retiro”, na qualidade de representante legitimado dos estudantes da UFRN, diante da grande quantidade de reclamações de diversos estudantes e Centros Acadêmicos a respeito péssima qualidade do serviço de reprografia atualmente prestado nessa Universidade - as longas filas e esperas, muitas vezes sem conseguir êxito para retirar cópia ou fazer impressão, que têm feito inclusive vários estudantes perderem aula – convoca os estudantes para discutir e pensar soluções práticas para a problemática da Xerox. A última licitação para prestação de serviço de copiadora na UFRN ocorreu em 2002 (concorrência nº 02/2002), o que significa que a empresa que atualmente está na UFRN o faz sem licitação, além de não ser de modo nen…

HOMOLOGAÇÃO DAS CHAPAS AO PROCESSO DE TIRAGEM DE DELEGADOS DA UFRN AO CONUEE

O DCE UFRN, no uso de suas atribuições, traz a público a homologação das Chapas de Delegados concorrentes para o Processo de tiragem de Delegados da UFRN ao CONUEE.
Assim, abre-se o prazo para recursos, nos termos do Edital.


HOMOLOGAÇÃO DE CHAPAS APTAS A CAMPANHA DE DELEGADOS AO CONUEE
CHAPA 1 - UNIVERSIDADE NAO SE VENDE, SE DEFENDE!
1 ACTON ALVES DE OLIVEIRA 2 ADJANILSON JADSON LEMOS VITORIANO 3 Aelton Silva Araújo 4 AGUIBERTO CÂNDIDO DA SILVA FILHO 5 AIRTON MATEUS DANTAS ANDRADE 6

UNE lança nova carteira estudantil

Começou no último dia 27  a emissão da nova carteira nacional estudantil. A nova carteira expedida pela União Nacional dos Estudantes teve o layout nacionalmente padronizado e está de acordo com as exigências da Lei que esclarece as medidas relativas à Copa das Confederações FIFA 2013, à Copa do Mundo FIFA 2014 e aos eventos relacionados, que serão realizados no Brasil. A carteira vai garantir 50% de desconto no ingresso para os jogos da Copa das Confederações que acontece agora em junho bem como para o transporte público nos municípios onde os estudantes têm benefícios assegurados. “O funcionamento da carteirinha durante este ano será uma experiência importante para a Copa do Mundo e os demais eventos esportivos que virão. As mudanças também reforçam a credibilidade da carteira como um documento de identificação dos estudantes reconhecido em todo o território nacional”, destaca o presidente da UNE, Daniel Iliescu.
A nova carteira estudantil tem certificado digital e poderá ser emiti…