terça-feira, 17 de agosto de 2010

PARIDADE NA UFRN!

Porque somos 35 mil, não 15%



Você sabia que apesar de sermos 35.000 estudantes, nós temos o direito a somente 15% da representação nos processos de tomada de decisões da universidade? E que nas eleições para Reitoria essa situação é pior ainda, pois se votarem apenas 10% do total de estudantes, nossa posição terá o peso de 3% na contagem geral de votos. Mesmo esse número total  sendo superior ao número de professores e professoras da UFRN.

Essa disparidade é um absurdo e inviabiliza uma relação justa de disputa de idéias. Queremos uma universidade por inteiro, não apenas 15% dela.  Porque precisamos que ela seja cada vez melhor, e que RESOLVA questões que para nós são estruturantes, sejam de infra-estrutura como CIRCULAR, CRECHE e RU ou na parte pedagógica que define qual conhecimento é produzido e a quem serve. 
É o Conselho Universitário (CONSUNI), o espaço em que essas decisões de paridade são tomadas, e assim como nos outros conselhos, esse é composto por 70% de professores/as, 15% de funcionários/as e 15% de estudantes.  Sabemos que a mudança dessa composição só será possível a partir da nossa auto-organização para pressionar a reitoria e os conselheiros e conselheiras,  que se reunirão nessa quarta feira que vem às 14:30h na reitoria.
Porque DCE não é Departamento de Carteira de Estudante e sim Diretório Central de Estudantes uma ferramenta coletiva de transformação. 

Convidamos a todos e todas a construir conosco o ATO PELA PARIDADE no processo de tomada de decisões da Universidade no dia 18/08, às 13h, no pátio da Reitoria.  Queremos igualdade no processo de tomada de decisões e isso só será possível se coletivamente formos capazes de dessa luta não retirarmos.