Pular para o conteúdo principal

Filhos de Baco

Após dois meses de recesso a Sociedade dos Filhos de Baco* volta a sua atuação, "voltaremos a nos encontrar e prosseguir com nossas discussões agradabilíssimas sobre literatura, arte, cinema e saraus." Como de costume, os encontros têm temas definidos. O primeiro momento é caracterizado pela exposicão do tema e debate, e no segundo momento o sarau. Todo o encontro é regado a vinho, a bebida é trazida pelos participantes.

*BACO, em grego (Bákkhe)  significa "estar em transe, ser tomado de um delírio sagrado". É o deus do vinho, da ebriedade, dos excessos e da natureza.

A sociedade dos Filhos de Baco é caracterizada por um grupo de pessoas, que a cada encontro aumenta em número, que se encontram para recitar poesias, discutir disversos assuntos ligado as artes literárias e visuais, escrever, dar gargalhadas, chorar, cantar. E sempre acompanhados pelo bom e velho companheiro dos poetas, o Vinho!

"Ao Deus Pã da natureza, aquele que a antigüidade chamou Baco o filho das coxas de um deus e do amor de uma mulher, e que nós  o chamamos pelo seu melhor nome — o vinho!..."
(AZEVEDO, Àlvares. Noite na Taverna)

O próximo encontro dos Filhos de Baco será na próxima sexta-feira, dia 16 de julho, às 17h no no corredor do setor II na UFRN. Neste encontro será discutido o movimento artístico concretista POEMA PROCESSO (1967).
Contato: 9154-9792/filhosdebaco@yahoo.com

POEMA/PROCESSO DE LAÉRCIO BEZERRA
(de Natal), quando residia no Rio,
em 1967.

Não, não éramos livres.
O governo militar, subordinado aos interesses
políticos e econômicos dos States,
ditava suas normas autoritárias
em nome da "democracia" e do Tio Sam.

Mais um exemplo da relação do nosso movimento
com a agitação política dos anos 60:
o poema/processo, a rigor, nasceu sob o signo da politicidade.
No lugar de Max Bense, privilegiávamos Louis Althusser.
Líamos Foucault, Marx, Engels e Lênin - e não Peirce.
Admirávamos os cinemas de Godard,
Buñuel, Eisenstein, Vertov e Glauber Rocha
- e não os filmes de Hollywood (com algumas raras exceções).
A História e a Antropologia nos diziam mais do que a Sociologia.
O Poema e a Nova Arte nos diziam mais do que a Poesia.
Preocupávamos em atingir os poetas da América Latina
e do interior do Brasil, e não os poetas da Suiça,
da Inglaterra, do Japão ou da Alemanha.

Postagens mais visitadas deste blog

Ata de Homologação de candidatura da chapa "TODA LUTA"

UNE lança nova carteira estudantil

Começou no último dia 27  a emissão da nova carteira nacional estudantil. A nova carteira expedida pela União Nacional dos Estudantes teve o layout nacionalmente padronizado e está de acordo com as exigências da Lei que esclarece as medidas relativas à Copa das Confederações FIFA 2013, à Copa do Mundo FIFA 2014 e aos eventos relacionados, que serão realizados no Brasil. A carteira vai garantir 50% de desconto no ingresso para os jogos da Copa das Confederações que acontece agora em junho bem como para o transporte público nos municípios onde os estudantes têm benefícios assegurados. “O funcionamento da carteirinha durante este ano será uma experiência importante para a Copa do Mundo e os demais eventos esportivos que virão. As mudanças também reforçam a credibilidade da carteira como um documento de identificação dos estudantes reconhecido em todo o território nacional”, destaca o presidente da UNE, Daniel Iliescu.
A nova carteira estudantil tem certificado digital e poderá ser emiti…

Xerox na UFRN

Você está indignado com o serviço de Xerox na UFRN? Não agüenta mais ficar em fila? Já precisou várias vezes de material que não teve como copiar? Quer um serviço mais barato e de qualidade? Seus problemas ainda não acabaram, mas podem acabar! O DCE/UFRN, gestão “Da luta não me retiro”, na qualidade de representante legitimado dos estudantes da UFRN, diante da grande quantidade de reclamações de diversos estudantes e Centros Acadêmicos a respeito péssima qualidade do serviço de reprografia atualmente prestado nessa Universidade - as longas filas e esperas, muitas vezes sem conseguir êxito para retirar cópia ou fazer impressão, que têm feito inclusive vários estudantes perderem aula – convoca os estudantes para discutir e pensar soluções práticas para a problemática da Xerox. A última licitação para prestação de serviço de copiadora na UFRN ocorreu em 2002 (concorrência nº 02/2002), o que significa que a empresa que atualmente está na UFRN o faz sem licitação, além de não ser de modo nen…