quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Carta de esclarecimentos sobre o CONEB

Congresso Nacional de Entidades de Base da UNE
Salvador/BA – 17 a 20 de janeiro de 2009
Carta de Esclarecimentos


Caro estudante,

A gestão do DCE considera a participação no CONEB extremamente importante, não apenas por se tratar de um momento de análise conjuntural e formação política, mas também por se tratar de uma instância na qual as entidades de base de todo o país podem disputar politicamente os rumos da União Nacional dos Estudantes, o projeto de Reforma Universitária que a entidade vai defender junto ao Congresso Nacional, dentre diversas outras plataformas políticas. Por considerar importante nos empenhamos em garantir o transporte gratuito dos estudantes da UFRN, representantes de centros acadêmicos ou observadores, e por isso faremos o possível para que não seja apenas uma viagem turística ou improdutiva.

A participação de todos será observada e registrada durante o evento pelos coordenadores do DCE que estão acompanhando a delegação, bem como será cobrado um relatório de cada um, a ser enviado para o DCE via e-mail até dia 26 de janeiro, contendo uma análise do que representou o Congresso (mínimo de 30 linhas, fonte e formatação de acordo com as normas da ABNT). O mesmo será exigido dos estudantes que participarão da BIENAL, mas a data de envio do relatório, neste caso, será dia 02 de fevereiro (sonhosquepodemoster@gmail.com). Se os coordenadores do DCE que estão acompanhando a delegação perceberem que alguém se ausentou do Congresso durante a programação do CONEB, o estudante pode ser privado de participar de outros eventos organizados pelo DCE. A plenária final do evento terá início segunda-feira, podendo ou não se estender até terça-feira. Não se estendendo, a terça-feira (manhã e tarde) poderá ser um dia livre, para que todos possam conhecer a cidade. Caso se estenda, todos devem estar presentes na plenária final, pois é o momento decisivo do Congresso. Caso não desejem correr o risco de esperar até terça-feira para saber se o dia será livre, a liberação da noite do sábado pode ser discutida no interior da delegação, por se tratar de uma atividade cultural e de espaços de convergência que podem ou não ter a ver com o CONEB em si. Entretanto, o restante da programação não pode ser eliminado de forma alguma.

A partir do momento que for definido o horário de retorno pelos coordenadores do DCE, haverá apenas trinta minutos de tolerância. O estudante que extrapolar a tolerância perderá o direito de retornar no ônibus da UFRN e terá de arcar com os custos de seu retorno.

Durante o trajeto Natal/Salvador e Salvador/Natal será terminantemente proibido o consumo de bebidas alcoólicas e/ou drogas ilícitas, para garantir a segurança e o conforto dos passageiros e motoristas. Durante a permanência em Salvador cada um é responsável por si e por seus atos, observadas as sanções já mencionadas e previstas em Lei.

O funcionário da UFRN que está nos acompanhando terá todo o apoio da direção do DCE no sentido de fazer cumprir as normas estabelecidas em resolução aprovada no CONSEPE. Se por ventura sua posição for desconsiderada, ele tem o direito e o dever de solicitar ajuda da Polícia Rodoviária Federal.



Atenciosamente,
BRUNO DA COSTA FERREIRA
Coordenação de Organização Estudantil do DCE UFRN