quinta-feira, 31 de julho de 2008

O ato foi um sucesso!


Embora a direção do DCE tenha organizado um ato que deveria ser simbólico, os estudantes transformaram o momento no início de uma séria de mobilizações de rua, contra o aumento das passagens de ônibus.


Tudo começou com uma batucada, um megafone e alguns militantes convidando os estudantes do CEFET para a luta. A mobilização tomou corpo e foi capaz de paralisar o trânsito da Avenida Salgado Filho por alguns minutos. Após a paralisação, uma faixa foi liberada para a passagem dos veículos e todos se uniram em um só coro:

O dinheiro do meu pai não é capim, eu pulo a catraca sim!
O dinheiro do meu pai não é capim, eu pulo a catraca sim!
Eu pulo, eu pulo, eu pulo a catraca sim!

Ou gritando:

Das ruas, das praças, da luta não fugiu...
Aqui está presente o movimento estudantil!
Das ruas, das praças, da luta não fugiu...
Aqui está presente o movimento estudantil!

Embora um ou dois motoristas pouco educados e despolitizados tenham ameaçado atropelar os manifestantes, a maioria buzinava e acenava para os estudantes, que deram um exemplo de como exercer a cidadania.


Mais uma vez se provou que a união dos estudantes é extremamente necessária para conseguirmos vencer o SETURN e a administração municipal, que tolera os abusos impostos pelos empresários.