Pular para o conteúdo principal

TRANSPORTE CIRCULAR

Passados aproximadamente vinte dias do início da experiência da rota inversa do Circular, muitos problemas surgiram e somos obrigados a pensar em alternativas que minimizem os transtornos.

Além de cobrarmos uma divulgação efetiva por parte da STTU, que falhou na divulgação da experiência, estamos discutindo a possibilidade de outras linhas passarem pelo anel viário do Campus, bem como analisando a correção dos horários de algumas linhas que já percorrem o trajeto.

A linha 66, por exemplo, no sentido Rodiviária Nova - Ponta Negra, passa pelas residências, pelo parque poliesportivo, pelo setor V, setor II, Geologia e já segue para Ponta Negra, obrigando os estudantes dos setores III, IV e do CB a utilizarem o Circular. Estamos proponto que antes de seguir para Ponta Negra o ônibus passe por tais setores, libertando os estudantes da supracitada obrigação.

Podemos utilizar o mesmo exemplo para a correção dos horários, pois a mesma linha 66 costumava passar por volta de 22hs no anel viário, de forma que a maioria dos estudantes que poderiam utilizar a linha ainda não estão nas paradas. Estamos propondo que o horário seja alterado, para que os estudantes tenham tempo de chegar na parada e utilizar a linha, contribuindo para a diminuição da superlotação do Circular.

Quanto à proposta de outras linhas passarem pelo Campus, estamos discutindo com o DER a possibilidade de uma linha de Parnamirim e outra de Nova Parnamirim alterarem seus trajetos, contribuindo também para a diminuição da superlotação do Circular.

Além disso, constatamos a subutilização das transferências, que embora não ofereçam o devido conforto, poderiam contribuir também para a melhoria do nosso transporte Circular.

Já no que diz respeito ao aumento da frota, sabemos que lutar pelo aumento da frota significa lutar contra o SETURN; sabemos ainda que não é um abaixo-assinado que vai sensibilizar os empresários... Precisamos de estudantes dispostos a lutar, pois 19 coordenadores não fazem um ato público capaz de pressioná-los.

Finalmente, reafirmamos nosso compromisso de lutar pela melhoria do Circular, mas esperamos contar com o apoio de todos e de todas quando for necessário ir às ruas.

SOMOS QUEM PODEMOS SER...

SONHOS QUE PODEMOS TER!


Para refletir:

A grande mídia pressionou tanto os responsáveis pela crise do transporte aéreo... Será que não deveria pressionar também os responsáveis pela eterna crise do transporte urbano em cidades como Natal?

Postagens mais visitadas deste blog

Ata de Homologação de candidatura da chapa "TODA LUTA"

UNE lança nova carteira estudantil

Começou no último dia 27  a emissão da nova carteira nacional estudantil. A nova carteira expedida pela União Nacional dos Estudantes teve o layout nacionalmente padronizado e está de acordo com as exigências da Lei que esclarece as medidas relativas à Copa das Confederações FIFA 2013, à Copa do Mundo FIFA 2014 e aos eventos relacionados, que serão realizados no Brasil. A carteira vai garantir 50% de desconto no ingresso para os jogos da Copa das Confederações que acontece agora em junho bem como para o transporte público nos municípios onde os estudantes têm benefícios assegurados. “O funcionamento da carteirinha durante este ano será uma experiência importante para a Copa do Mundo e os demais eventos esportivos que virão. As mudanças também reforçam a credibilidade da carteira como um documento de identificação dos estudantes reconhecido em todo o território nacional”, destaca o presidente da UNE, Daniel Iliescu.
A nova carteira estudantil tem certificado digital e poderá ser emiti…

Xerox na UFRN

Você está indignado com o serviço de Xerox na UFRN? Não agüenta mais ficar em fila? Já precisou várias vezes de material que não teve como copiar? Quer um serviço mais barato e de qualidade? Seus problemas ainda não acabaram, mas podem acabar! O DCE/UFRN, gestão “Da luta não me retiro”, na qualidade de representante legitimado dos estudantes da UFRN, diante da grande quantidade de reclamações de diversos estudantes e Centros Acadêmicos a respeito péssima qualidade do serviço de reprografia atualmente prestado nessa Universidade - as longas filas e esperas, muitas vezes sem conseguir êxito para retirar cópia ou fazer impressão, que têm feito inclusive vários estudantes perderem aula – convoca os estudantes para discutir e pensar soluções práticas para a problemática da Xerox. A última licitação para prestação de serviço de copiadora na UFRN ocorreu em 2002 (concorrência nº 02/2002), o que significa que a empresa que atualmente está na UFRN o faz sem licitação, além de não ser de modo nen…