terça-feira, 27 de maio de 2008

CUT REALIZA ATOS EM TODO O PAÍS

No dia 28 de maio a classe trabalhadora volta às ruas em mais um Dia Nacional de Mobilização e Luta! Em todos os estados do Brasil, trabalhadores e trabalhadoras representando os mais diversos ramos e categorias estarão mobilizados em atos públicos, paralisações e passeatas em defesa da Redução da Jornada de Trabalho sem Redução de Salário e pela ratificação das Convenções 151 e 158 da OIT – Organização Internacional do Trabalho.
Nesta terça-feira (27), véspera da atividade, a CUT e as demais centrais sindicais realizam uma grande panfletagem nacional, como forma de divulgar para a população a pauta do dia 28 de maio, que reivindica medidas que representam melhorias efetivas nas relações de trabalho de milhões de homens e mulheres.
Segundo fala do presidente Artur Henrique, durante reunião da Executiva Nacional da CNM-CUT, a redução da jornada e a ratificação das Convenções 151 e 158 são temas prioritários da agenda, mas o desafio também é continuar a luta pela pauta ampliada. "Ficamos a década de 90 correndo atrás do prejuízo, tentando praticar uma política de resistência, mas agora vivemos em uma outra realidade econômica. Por isso voltaram com muita força temas como saúde e segurança no trabalho, a questão da previdência social e a reabilitação profissional, além do debate sobre o fim do fator previdenciário, saúde e segurança, organização no local de trabalho e direitos sindicais. Quando você tem inflação e desemprego não é possível negociar, mas com crescimento econômico e reajustes acima da inflação, a situação é muito mais favorável para abordarmos estes temas nas negociações", comentou.
Campanha Unificada
A Campanha Nacional pela Redução da Jornada de Trabalho sem Redução de Salários, encabeçada pela CUT e demais centrais sindicais ganhou oficialmente as ruas no dia 11 de fevereiro, com atos para coleta de assinaturas em várias cidades do país, pela aprovação da PEC 393/01 - que reduz a jornada de trabalho e aumenta o percentual das horas extras. A ratificação das Convenções 151 e 158 também estão na pauta da campanha unificada das centrais.
Redução da Jornada de Trabalho: de 44 para 40 horas semanais. Além de gerar mais de dois milhões de empregos, gera saúde e qualidade de vida, já que possibilita ao trabalhador e à trabalhadora mais tempo para o estudo, lazer, descanso e convívio familiar.
Ratificação da Convenção 151: estabelece o direito à negociação coletiva no serviço público. Contribuirá para a valorização dos serviços públicos, alvo do desprezo e do abandono de políticas neoliberais de sucateamento e privatizações.
Ratificação da Convenção 158: coíbe a demissão sem justa causa, pois estabelece critérios, pondo freio ao desrespeito e à total insegurança vigentes, onde o funcionário é jogado no olho da rua ao bel-prazer do empregador.
No dia 28 de maio, participe conosco de mais esta luta em busca de avanços para a classe trabalhadora!
Fonte: www.cut.org.br
Em Natal não é diferente
A campanha nacional tem repercusão em Natal, onde o Diretório Central dos Estudantes da UFRN foi convidado a participar de uma caminhada pelas ruas do Centro da cidade. As concentrações serão realizadas simultaneamente em frente a FETARN (rua Apodi) e em frente ao Sindicato dos Rodoviários. O ponto de encontro será em frente ao SINTE/RN, na avenida Rio Branco. Ainda está previsto um ato público às 17hs, no calçadão da rua João Pessoa.
Como se trata de um movimento democrático e plural, somam-se às pautas nacionais questões locais que estão no centro das discussões dos movimentos sociais, como é o caso da discussão acerca da implementação da Bilhetagem Eletrônica e a busca por resultados da Operação Impacto, que investiga a venda de votos na Câmara Municipal durante a votação do Plano Diretor de Natal.
Participe da caminhada! Exerça sua cidadania!