Pular para o conteúdo principal

Problemas de Infraestrutura do Campus da UFRN de Currais Novos


Foi relatado a Pró-reitoria de Assuntos Estudantis e a Superintendência de Infraestrutura pela Coordenadora do DCE Danyelle Guedes, as dificuldades que os alunos vêm enfrentando, em termo de infraestrutura. Onde já havia tido um contato com a atual direção do CERES no ano de 2011, na tentativa de solucionar os vários problemas existentes no Campus de Currais Novos, porém estamos no final de 2012 e até agora nada foi feito de conclusivo.
Hoje (11/09), ás 10:30h, na SuperIntendência de Infraestrutura, durante a reunião sobre as problemáticas de infraestrutura das residências da UFRN, o representante do DCE divulgou mais uma vez alguns problemas e, através deles, o superintendente de infraestrutura da UFRN, Eng. Gustavo Fernandes Rosado Coêlho, apontava e discutia soluções juntamente com a representante da PROAE (Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis), conhecida entre os residentes como Vera.
Os seguintes problemas do Campus da UFRN de Currais Novos foram debatidos:
Problemas na residência
Solução (Vera e o superintendente)
Internet lenta da residência
Vera: esse problema já vinha sendo discutido e estava sendo analisado.
Iluminação externa da residência (lampadas queimadas e escasses de luminárias)
O superintentende: a PROAE possui uma equipe de manutenção. Porém, essa equipe fica apenas em Natal. Vera: Esse problema vai ser resolvido com a equipe de manutenção.
Grades nas janelas, que são de vidro. A residencia fica numa área de insegurança e encontra-se desprotegida.
O supertintendente sugeriu a construção de um muro ao redor do prédio. Vera acatou e disse que vai inserir no programa de manutenção.
Lavanderia (apenas duas e são pequenas. São 40 residentes para usando apenas elas.)
Superintendente: Sugeriu a construção de mais lavanderias. Vera acatou, inserindo no programa.
Tela de proteção nos comongós. (entrada de animais pessonhentos e mosquitos)
Superintendente: é possível inserir as telas, mas apenas com a ajuda de uma empresa terceirizada. Vera: esse problema já vem sendo discutido. As demora é com as empresas.
Computadores quebrados
Vera: esse problema é com a superintendencia de informatica. São ele quem fazem as manutenções dos computadores. Mas o campus é distante e por isso o problema com a demora.




Ainda existe os problemas de infraestrutura do resto do Campus. Várias denúncias sobre a deficiência na infraestrutura dos prédios e, inclusive, já foi feita uma solicitação juntamente com um abaixo assinado (ver abaixo). Além disso, também existe vídeos pela internet (links):


SOLICITAÇÃO DE MELHORIAS NA INFRAESTRUTURA DOS BLOCOS “C e F”




Ilma. Sra. Ana Maria Pereira Aires
Diretora do Centro de Ensino Superior do Seridó


Senhora Diretora,


Os abaixo-assinados, a seguir identificados, vêm respeitosamente à presença de V. Srª. expor e solicitar o que segue:


Que há bastante tempo o bloco “C” de aulas do Curso de Letras/Português e Inglês apresenta a sua infraestrutura deficitária para abrigar as atividades ali desenvolvidas. No início deste ano de 2011, o fato se agravou devido a problemas como falta de água constante nos banheiros, impossibilitando os alunos e professores ocuparem os banheiros durante as aulas da tarde e noite (inclusive, há alunos que vêm pela tarde, cerca de 14h, e permanecem até às 22:30, sem banheiro e água no bloco “C”); ainda, estes banheiros encontram-se com suas instalações precárias por causa de danos em suas paredes. Ocorreu, também, o desabamento de parte do revestimento do teto entre as salas 2 e 3.
Que o forro das salas 2 e 3 apresenta rachaduras na sua parte anterior, traspassando por completa as salas, apresentando iminência de desabamento, fato que, acontecendo, acarretará em problemas enormes para a UFRN, como também será causa de enorme risco à vida de quem ali se encontra. Em síntese, poderá brevemente, frente às várias rachaduras, ocorrer o desabamento durante as aulas da graduação.
Que, em período de chuvas, todas as quatro salas do referido bloco apresentam problemas de infiltração no teto, o que ocasiona goteiras que alagam as salas, de modo que as aulas ficam verdadeiramente prejudicadas, fazendo com que professores saiam, durante a aula, à procura de outras salas, atrasando o início da disciplina (por alguns momentos, as aulas foram suspensas, fazendo com que os alunos retornassem para suas cidades sem aulas).
Que as instalações elétricas encontram-se expostas oferecendo alto risco de acidente fatal para quem as manuseiam. Inclusive há registros de choques elétricos.
Que no bloco “F” de aulas do Curso de Letras Espanhol, falta água constantemente nos banheiros. Que no referido bloco não tem bebedouros instalados, fato que obriga os alunos a se destinarem a outro bloco para tomarem água, o que ocasiona em muita perda de tempo com o deslocamento e perda de conteúdo das aulas; igualmente não tem copos descartáveis à disposição dos discentes em nenhum local onde há bebedouro.
Que o laboratório de línguas do bloco “F” encontra-se com cerca de 40 computadores instalados e em desuso, pois os alunos não têm acesso às máquinas porquanto o laboratório encontra-se fechado.
Na oportunidade, pedimos que V. Srª. se digne visitar o nosso Campus e possa atestar, in loco, as nossas demandas.
É o exposto.
Certos de que V. Srª. saberá respeitar os direitos dos alunos desta Instituição de Ensino a um ambiente minimamente digno e capaz de abrigar as nossas atividades acadêmicas, os abaixo-assinados solicitam imediatas providências destinadas à reconstrução, utilização e devida preservação deste bem público.
O campus de Currais Novos já vem fazendo diversas críticas sobre essa problemática, e vem causando um grande movimento entre os alunos. O DCE afirmou que está junto nesta luta, comparecendo as reuniões com a superintendência de infraestrutura, a PROAE, e as demais pró-reitorias e secretarias que fazem parte dessa rede de problemáticas.
Com os movimentos feitos através dos alunos do Campus de Currais Novos, resultou numa reunião com a Diretora do CERES (centro de ensino superior do seridó), Ana Aires, e o vice-diretor, Mario Lourenço, que apontaram como responsável desses problemas ser a “falta de verba”.
Na nossa visão, essa não é uma justificativa plausível, portanto, é interessante que a direção do CERES solicite, na Superintendência de infraestrutura, a persença de um engenheiro para avaliar o problema e a situação do prédios, para que seja elaborado um projeto de reforma. O grande problema é que até agora não temos nenhuma confirmação de que a direção do CERES se manifestou para Superintendência ou a reitoria.
Na reunião, além das causas apontadas, o Superintendente afirmou que existe um projeto feito por eles que resulta em um sistema completo de melhorias nos 06 campus da UFRN, que ficam no interior do estado do RN (Caicó, Currais Novos, Santa Cruz, Jundiaí, Nova Cruz e Macau). Esse sistema de melhorias inclui iluminação, redes de esgoto, cabos de eletricidade, internet … O projeto foi enviado para a administração da UFRN.

Postagens mais visitadas deste blog

Ata de Homologação de candidatura da chapa "TODA LUTA"

Edital da Eleição para o Diretório Central dos Estudantes José Silton Pinheiro

Universidade Federal do Rio Grande do Norte Diretório Central dos Estudantes da UFRN – José Silton Pinheiro Comissão Eleitoral
EDITAL
A Comissão Eleitoral, autônoma, eleita em CEB, convocado e realizado no Diretório Central dos Estudantes – (DCE UFRN), realizado no último dia quatro de abril de dois mil e dezessete, no uso de suas atribuições legais e prerrogativas outorgadas em CEB, RESOLVE:
Capítulo I: Da Comissão Eleitoral, sua composição e competências
Art. 1º - Informar da sua composição eleita em CEB supracitado:
I.Rafael Leite da Silva Bune (Pedagogia); II.Gustavo Rodrigues da Costa (Gestão de Políticas Públicas); III.Paula Lays de Lima e Silva (Direito);

HOMOLOGAÇÃO CHAPAS DE DELEGADOS AO 55 CONUNE

A Comissão Eleitoral para o processo de eleição dos e das delegados/das da UFRN ao 55º CONUNE, devidamente instituída pela Coordenação desta entidade, faz saber as chapas homologadas para o processo de campanha. Sendo elas:

CHAPA 1 - "ENFRENTE"
CHAPA 2 - "OCUPAR E RECONQUISTAR A UNE"
CHAPA 3 - "VAI LUTAR OU VAI TEMER?"

     Vale salientar que devido ao grande volume de inscritos para cada chapa, esta Comissão está compilando todos os nomes homologados de cada chapa, estes serão publicizados nesta sexta-feira(26/05/2017).
     Sem mais para o momento, autorizamos o início da campanha eleitoral conforme o Edital deste processo.


COMISSÃO ELEITORAL - DCE UFRN - 55º CONUNE