terça-feira, 7 de agosto de 2012


Estudante não é sardinha!




Em Maio desse ano o DCE entrou com uma ação no Ministério Público que garantiu a ampliação do 6º circular da UFRN.  Fundamentada em um estudo elaborado pelo professor Enilson Medeiros dos Santos que indica um número ideal de no mínimo SETE circulares para o volume de estudantes sendo um ideal de nove. Para além disso a ação denuncia e pede providências com relação a falta TOTAL de acessibilidade ao campus condenando a população cadeirante e com dificuldade de locomoção a uma tarefa mais difícil ainda de cursar o ensino superior.  
Até agora não obtivemos resposta alguma e não podemos ficar parad@s literalmente dentro ou fora das paradas, então gostaríamos de fazer um apelo público para que tod@s estudantes da UFRN, movimentos e redes sociais, canais de comunicação, ajudem nessa campanha de pressão para a construção de uma política de transportes no campus. Tendo um número maior de denuncias diretamente ao ministério público teremos mais possibilidade de respostas logo e de pressão para uma solução. Vamos fazer uma campanha de apelo pela agilidade de nossa ação e de estruturação de alternativas. Quanto mais acionado  o Ministério Público for, mais possível termos agilidade na resposta.
 Pode ser via e-mail telefone ou pessoalmente o endereço é Avenida Marechal Floriano Peixoto, 550, Tirol  1º Andar, fone/fax: (84)3232-7171.
E internamente, queremos respostas efetivas da CAENE e da Superintendência de Infra estrutura a respeito das obras de acessibilidade e da construção de bicicletários.
+CIRCULARnaUFRN essa Luta nos #UNE! Participe e saia do conforto de seu computador.
Conheça nota do 6º circular e lute para a ampliação desse direito!