Pular para o conteúdo principal

#RosalbaVergonhadoRN no topo do Twitter Brasil e em sétimo no Twitter Mundo

A hastag #RosalbaVergonhadoRN foi o assunto mais comentado do país no Twitter.
O tuitaço foi marcado por uma chuva de reclamações dos mais variadores setores da sociedade.

Alguns tópicos:

ORÇAMENTO

- Cortes na área de saúde, segurança e educação e aumento na verba de publicidade.
- Twitteiros ainda lembraram que a gestão rosada investe mais em publicidade do que no sistema penitenciário, ou do que na cultura.
 

SAÚDE

- Mortes de crianças por falta de leitos de UTI.
- Caos no hospital varela Santiago.

SEGURANÇA

- Aumento da taxa de homicídios
- Crescimento da violência
- Cortes nas verbas de operação, combustível e diárias dos policiais civis

UERN

- Caos na UERN, greves, falta de investimento, etc.

AUTORITARISMO

- Governo Rosalba não dialoga com sindicatos, movimentos sociais e até com os seus próprios aliados.
- Caça jornalistas e críticos, pedindo a cabeça deles em redações dos periódicos do RN.
 

PCCS

- Não cumprimento dos Planos de Cargos, Carreiras e Salários dos funcionários públicos.

DESMANCHE

- Desmanche no ITEP e CENTRAIS DO CIDADÃO

CULTURA

- Cultura sucateada.

FRAUDE

- Rosalba foi eleita, mas o marido quem governa de fato.
Um 01 de maio para Rosalba refletir.

 TROPA DE CHOQUE ROSA

A tropa de choque de Rosalba tentou deslegitimar o movimento, alegando que a hastag só chegou no topo por causa da baixa audiência do dia de feriado.
Que tal colocarmos a Hastag num dia normal também?

REDES SOCIAIS

Fica ainda a pergunta: a quem interessa deslegitimar as redes sociais? Que permite que pessoas comuns se juntem e mostrem o seu descontentamento com as mais variadas instâncias de poder?

REDES SOCIAIS II

Jornalistas tradicionais tentam retirar a legitimidade das redes sociais também porque o Twitter, Facebook, etc, mostram que a audiência desses jornalistas não é tão alta como eles alegam. As redes denunciam a queda das mídias tradicionais. Daí o desespero.

Por Daniel Menezes na Carta Potiguar

Postagens mais visitadas deste blog

Ata de Homologação de candidatura da chapa "TODA LUTA"

UNE lança nova carteira estudantil

Começou no último dia 27  a emissão da nova carteira nacional estudantil. A nova carteira expedida pela União Nacional dos Estudantes teve o layout nacionalmente padronizado e está de acordo com as exigências da Lei que esclarece as medidas relativas à Copa das Confederações FIFA 2013, à Copa do Mundo FIFA 2014 e aos eventos relacionados, que serão realizados no Brasil. A carteira vai garantir 50% de desconto no ingresso para os jogos da Copa das Confederações que acontece agora em junho bem como para o transporte público nos municípios onde os estudantes têm benefícios assegurados. “O funcionamento da carteirinha durante este ano será uma experiência importante para a Copa do Mundo e os demais eventos esportivos que virão. As mudanças também reforçam a credibilidade da carteira como um documento de identificação dos estudantes reconhecido em todo o território nacional”, destaca o presidente da UNE, Daniel Iliescu.
A nova carteira estudantil tem certificado digital e poderá ser emiti…

Xerox na UFRN

Você está indignado com o serviço de Xerox na UFRN? Não agüenta mais ficar em fila? Já precisou várias vezes de material que não teve como copiar? Quer um serviço mais barato e de qualidade? Seus problemas ainda não acabaram, mas podem acabar! O DCE/UFRN, gestão “Da luta não me retiro”, na qualidade de representante legitimado dos estudantes da UFRN, diante da grande quantidade de reclamações de diversos estudantes e Centros Acadêmicos a respeito péssima qualidade do serviço de reprografia atualmente prestado nessa Universidade - as longas filas e esperas, muitas vezes sem conseguir êxito para retirar cópia ou fazer impressão, que têm feito inclusive vários estudantes perderem aula – convoca os estudantes para discutir e pensar soluções práticas para a problemática da Xerox. A última licitação para prestação de serviço de copiadora na UFRN ocorreu em 2002 (concorrência nº 02/2002), o que significa que a empresa que atualmente está na UFRN o faz sem licitação, além de não ser de modo nen…