sexta-feira, 11 de maio de 2012

Jornada de luta CONTRA a HOMOFOBIA!

 
Em 17 de maio de 1990, a assembleia geral da OMS aprovou a retirada do código 302.0 (Homossexualidade) da Classificação Internacional de Doenças, declarando que “a homossexualidade não constitui doença, nem distúrbio e nem perversão”. Com isso, marcou-se o fim de um ciclo de 2000 anos em que a cultura judaico-cristã encarou a homossexualidade primeiro como pecado, depois como crime e, por último, como doença.

Apesar deste reconhecimento da homossexualidade como mais uma manifestação da diversidade sexual, as lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT) ainda sofrem cotidianamente as consequências da homofobia, que pode ser definida como o medo, a aversão, ou o ódio irracional aos homossexuais: pessoas que têm atração afetiva e sexual para pessoas do mesmo sexo.

Na universidade está expressa nos mais diferentes ambientes a homofobia, na piada ao ver um casal homo-afetivo, nas residências, na impunidade aos casos de homofobia já ocorridos, no tratamento diferenciado de algumas pessoas e na invisibilidade institucional da necessidade do combate a HOMOFOBIA.

Então convidamos você a fazer parte da jornada de lutas contra a homofobia da UFRN

16 de Maio
- às 16h na praça da SOMA no setor II oficina de confecção de materiais;

17 de Maio às 12h Pique Nique, no Restaurante Universitário “Venha de bandeja contra a homofobia”;

-às 14h ato anti-homofobia na reitoria;