Pular para o conteúdo principal

UFRN oferece bolsas para intercâmbio em países do Mercosul


A Secretaria de Relações Internacionais (SRI) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) está com inscrições abertas, até o dia 10 de março, para o Programa de Mobilidade do Mercosul (PMM). O Programa engloba universidades dos países membros do Mercado Comum do Sul (Mercosul), bloco econômico formado por Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai.

A UFRN participou das reuniões preparatórias do Programa, coordenadas, no Brasil, pelo Ministério da Educação (MEC). O resultado dessas reuniões foi o regulamento de um projeto piloto para o Programa de Mobilidade do Mercosul, que se inicia neste ano.

De acordo com o professor Márcio Venício, da SRI, o objetivo desse projeto é criar “um maior sentimento de pertença ao bloco e uma maior sintonia entre os universitários, que possibilite o fortalecimento de uma cidadania do Mercosul.”

Neste projeto piloto a UFRN oferece três bolsas integrais para os alunos dos cursos de Economia, Química e Ciências da Computação. Para participar, o aluno deve apresentar Média de Conclusão Normalizada (MCN) igual ou superior a 500, comprovar proficiência na língua estrangeira do país ao qual é candidato, além de participar de alguma atividade da universidade relacionada à pesquisa, monitoria ou extensão.

As inscrições devem ser feitas na sede da SRI, próximo ao Centro de Convivência da UFRN. É necessário apresentar histórico atualizado, folha de índices do Sistema Integrado de Gestão em Atividades Acadêmicas (SIGAA), certificados de participação em projetos, carta de apresentação assinada por um de seus professores e certificado de proficiência. Caso não possua certificado, o aluno poderá realizar uma prova no Instituto Ágora de Línguas Estrangeiras da UFRN. O edital completo está disponível no endereço: http://www.sri.ufrn.br/noticias/ler/344.

O Programa

O Programa de Mobilidade do Mercosul (PMM) surgiu como projeto em 2009, fruto de uma parceria entre os países do Mercosul, com apoio da União Européia, para promover um intercâmbio de conhecimento entre as universidades do bloco. O regulamento do projeto piloto, que se inicia em 2012, prevê a distribuição de três bolsas para cursos que ainda não estejam envolvidos em projetos de mobilidade. Esse mesmo regulamento deverá ser a base para um programa permanente, que o MEC já acena como possível para os próximos anos.

FONTE: Portal da UFRN

Postagens mais visitadas deste blog

Ata de Homologação de candidatura da chapa "TODA LUTA"

UNE lança nova carteira estudantil

Começou no último dia 27  a emissão da nova carteira nacional estudantil. A nova carteira expedida pela União Nacional dos Estudantes teve o layout nacionalmente padronizado e está de acordo com as exigências da Lei que esclarece as medidas relativas à Copa das Confederações FIFA 2013, à Copa do Mundo FIFA 2014 e aos eventos relacionados, que serão realizados no Brasil. A carteira vai garantir 50% de desconto no ingresso para os jogos da Copa das Confederações que acontece agora em junho bem como para o transporte público nos municípios onde os estudantes têm benefícios assegurados. “O funcionamento da carteirinha durante este ano será uma experiência importante para a Copa do Mundo e os demais eventos esportivos que virão. As mudanças também reforçam a credibilidade da carteira como um documento de identificação dos estudantes reconhecido em todo o território nacional”, destaca o presidente da UNE, Daniel Iliescu.
A nova carteira estudantil tem certificado digital e poderá ser emiti…

Xerox na UFRN

Você está indignado com o serviço de Xerox na UFRN? Não agüenta mais ficar em fila? Já precisou várias vezes de material que não teve como copiar? Quer um serviço mais barato e de qualidade? Seus problemas ainda não acabaram, mas podem acabar! O DCE/UFRN, gestão “Da luta não me retiro”, na qualidade de representante legitimado dos estudantes da UFRN, diante da grande quantidade de reclamações de diversos estudantes e Centros Acadêmicos a respeito péssima qualidade do serviço de reprografia atualmente prestado nessa Universidade - as longas filas e esperas, muitas vezes sem conseguir êxito para retirar cópia ou fazer impressão, que têm feito inclusive vários estudantes perderem aula – convoca os estudantes para discutir e pensar soluções práticas para a problemática da Xerox. A última licitação para prestação de serviço de copiadora na UFRN ocorreu em 2002 (concorrência nº 02/2002), o que significa que a empresa que atualmente está na UFRN o faz sem licitação, além de não ser de modo nen…