Pular para o conteúdo principal

Somos donas do nosso corpo e senhoras das nossas vidas


 O seu corpo é seu, ninguém toca sem a sua permissão. Sua vida é sua, e só a você cabe conduzi-la. Eis a primeira lição que mães e pais deveriam ensinar às filhas, e aos filhos também. Talvez, fosse conveniente acrescentar: faça bom uso. Se a cabeça é sua sentença, significa que você é a primeira pessoa a ter de cumpri-la – para o bem ou para o mal.

Hoje é Dia Internacional da Mulher, então falemos de mulheres. Antes, situemos o porquê da data. Nasceu da luta das mulheres socialistas, na II Conferência, em 1910. Há pouco mais de 100 anos, portanto. Mas, o 08 de Março como data fixa para se comemorar foi definido em 1921, na Conferência Internacional das Mulheres Comunistas – a terceira. Homenagem às mulheres de São Petersburgo, costureiras que, em 1817, fizeram greve geral por pão e paz, a partir de 08 de março – e desencadearam a Revolução Russa.

Lições do Núcleo Piratininga de Comunicação – num artigo de fôlego, do amigo Vito Giannotti, escrito em 2004 – transformado em cartilha. E que disseca mitos e todas as idas e vindas históricas, e as nuances ideológicas à direita e à esquerda dessa data - aqui.

O Vermelho, sítio do PCdoB, traz o resumo da ópera e, de quebra, a programação completa das atividades em Belo Horizonte. Como em várias capitais do país, haverá ato unificado dos movimentos sociais feministas, e, naturalmente, passeata. Concentração a partir das 13:00, na Praça da Assembleia Legislativa.

No Recife, também, o ato é unificado, por liberdade e autonomia. E bem ao estilo pernambucano, vai direto ao ponto: Nossos corpos nos pertencem. A partir das 15:00, na Praça do Diário, no Bairro de Santo Antônio, área central da cidade. Uma Tribuna de Mulheres garante espaço para se apresentar as reivindicações. E uma “instalação” de mulheres com os corpos pintados define os significados de liberdade e autonomia.

Em João Pessoa, na Paraíba, o ato acontece pela manhã, a partir das 7:00, no parque Solon Lucena -Lagoa, Centro. O mote, como no Recife, é claro e conciso: Nosso Corpo, Nosso Território. Dia 12, novo ato político, desta vez, na pequena Queimadas, cidade próxima a Campina Grande. Foi lá que sete mulheres foram “oferecidas” pelo irmão “como presente de aniversário” a um rapaz. Foram violadas coletivamente, e duas delas, Michele e Isabella, assassinadas por terem reconhecido seus estupradores.

Não consegui digerir a aberração para escrever a respeito, mas a amiga Mabel Dias o fez. Está em seu blogue, Senhora das Palavras, aqui.

É consenso entre as organizações de mulheres “a necessidade de enfrentar os ataques à dignidade feminina”. O “feminicídio” de Queimadas -nas palavras de Mabel – é apenas um dentre vários abusos, infelizmente.

A lista é longa e aviltante. No Recife, o SOS Corpo e o Fórum de Mulheres de Pernambuco enumeram: controle do corpo pelo Estado -MP 557, que propõe o cadastro obrigatório de gestantes, entendido como vigilância; violação masculina por meio da violência sexual – estupro via satélite no BBB 12; estupro coletivo na Paraíba; mercantilização e exploração do corpo das mulheres pela medicina estética, pela pornografia e pela propaganda – esta até o Conar, orgão que pretensamente regula a publicidade, reconhece a orgia. E há a revisão do Código Penal que preocupa sobre o tratamento sobre o aborto no capítulo dos crimes contra a vida. Dentre outras.

Ainda morremos de parto -principalmente as mulheres negras, nesta Terra Brasilis. Temos uma presidenta da República, 10 ministras, algumas governadoras e prefeitas, mas somos minoria nos parlamentos e nos cargos de direção – mais aqui do que acolá. Mesmo em sindicatos do campo dito progressista.

E as negras (pretas e pardas) são mais minoria que as outras: em São Paulo, nossa megalópole pós-moderna, apenas 4,2% das mulheres negras ocupam cargos de chefia, contra 15,7% de não-negras. E, se recebemos menos em funções idênticas às dos homens, o salário pago às negras é quase a metade do que recebem as demais e os homens negros – R$ 494 a R$ 896 e R$ 756, respectivamente. Os dados são do Dieese, relativos a 2011.

Mas nem tudo é tragédia e indignidade. Somos maioria nas universidades, aqui e alhures, por exemplo. Minha amiga pernambucana, Ana Veloso, jornalista e professora do melhor calibre, postou no Facebook: o número de matrículas de mulheres nas universidades em todo o mundo aumentou sete vezes desde 1970 – o aumento de homens no curso superior, no mesmo período, foi de quatro vezes.

Palavra do Banco Mundial, que, com propriedade, considera o fato “uma extraordinária reviravolta nos padrões históricos”.

O caminho é longo, e no meio tem várias pedras, mas chegaremos lá. Viva nós!

E viva minha querida sobrinha de coração, Flávia, que faz aniversário justo hoje.

Sulamita Esteliam é jornalista e editora do Blog A Tal Mineira

FONTE: RNBlogProg

Postagens mais visitadas deste blog

Ata de Homologação de candidatura da chapa "TODA LUTA"

Edital da Eleição para o Diretório Central dos Estudantes José Silton Pinheiro

Universidade Federal do Rio Grande do Norte Diretório Central dos Estudantes da UFRN – José Silton Pinheiro Comissão Eleitoral
EDITAL
A Comissão Eleitoral, autônoma, eleita em CEB, convocado e realizado no Diretório Central dos Estudantes – (DCE UFRN), realizado no último dia quatro de abril de dois mil e dezessete, no uso de suas atribuições legais e prerrogativas outorgadas em CEB, RESOLVE:
Capítulo I: Da Comissão Eleitoral, sua composição e competências
Art. 1º - Informar da sua composição eleita em CEB supracitado:
I.Rafael Leite da Silva Bune (Pedagogia); II.Gustavo Rodrigues da Costa (Gestão de Políticas Públicas); III.Paula Lays de Lima e Silva (Direito);

HOMOLOGAÇÃO CHAPAS DE DELEGADOS AO 55 CONUNE

A Comissão Eleitoral para o processo de eleição dos e das delegados/das da UFRN ao 55º CONUNE, devidamente instituída pela Coordenação desta entidade, faz saber as chapas homologadas para o processo de campanha. Sendo elas:

CHAPA 1 - "ENFRENTE"
CHAPA 2 - "OCUPAR E RECONQUISTAR A UNE"
CHAPA 3 - "VAI LUTAR OU VAI TEMER?"

     Vale salientar que devido ao grande volume de inscritos para cada chapa, esta Comissão está compilando todos os nomes homologados de cada chapa, estes serão publicizados nesta sexta-feira(26/05/2017).
     Sem mais para o momento, autorizamos o início da campanha eleitoral conforme o Edital deste processo.


COMISSÃO ELEITORAL - DCE UFRN - 55º CONUNE