Pular para o conteúdo principal

Estudantes levam ao Senado denúncia de violência policial em Teresina

Após receber dossiê com informações da violência cometida, Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) ouviu estudantes e policiais de Teresina

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado ouviu, no último dia 31, os estudantes de Teresina sobre as denúncias de agressão policial ocorridas durante os protestos contra o aumento abusivo da tarifa de ônibus na cidade.

Representando os estudantes, Deolindo de Sousa Moura, falou aos componentes da Comissão relatando os abusos cometidos pela policia. “Relatei os fatos. O que vimos entre polícia e estudantes em Teresina não foi um confronto, foi um massacre, o que não víamos nem durante o regime militar”, desabafou o estudante.

Por conta da ação violenta da PM de Teresina, as lideranças do movimento organizaram um dossiê contendo todos os atos de violência da polícia para fazer uma denúncia na Comissão de Direitos Humanos do Congresso Nacional. “Queremos que sejam tomadas as providências necessárias no sentido de combater toda e qualquer forma de agressão à integridade do ser humano”, explicou o advogado do Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal do Piauí (DCE-UFPI), Enzo Samuel, que participou da assessoria jurídica do movimento.

Na audiência, também foi ouvido um representante da PM, o comandante-geral da Polícia Militar do Estado do Piauí Rubens da Silva Pereira, que afirmou que os policiais fizeram o “uso da força física necessária” para garantir o direito da população de ir e vir.

Deolindo está otimista em relação à Comissão de Direitos Humanos “Os membros da comissão já tinham conhecimento da violência da situação e se sensibilizaram bastante. Fiz um pedido para que uma CPI fosse instalada e eles prometeram dar continuidade aos procedimentos”, finalizou.

Camila Hungria

FONTE: UNE

Postagens mais visitadas deste blog

Ata de Homologação de candidatura da chapa "TODA LUTA"

UNE lança nova carteira estudantil

Começou no último dia 27  a emissão da nova carteira nacional estudantil. A nova carteira expedida pela União Nacional dos Estudantes teve o layout nacionalmente padronizado e está de acordo com as exigências da Lei que esclarece as medidas relativas à Copa das Confederações FIFA 2013, à Copa do Mundo FIFA 2014 e aos eventos relacionados, que serão realizados no Brasil. A carteira vai garantir 50% de desconto no ingresso para os jogos da Copa das Confederações que acontece agora em junho bem como para o transporte público nos municípios onde os estudantes têm benefícios assegurados. “O funcionamento da carteirinha durante este ano será uma experiência importante para a Copa do Mundo e os demais eventos esportivos que virão. As mudanças também reforçam a credibilidade da carteira como um documento de identificação dos estudantes reconhecido em todo o território nacional”, destaca o presidente da UNE, Daniel Iliescu.
A nova carteira estudantil tem certificado digital e poderá ser emiti…

Xerox na UFRN

Você está indignado com o serviço de Xerox na UFRN? Não agüenta mais ficar em fila? Já precisou várias vezes de material que não teve como copiar? Quer um serviço mais barato e de qualidade? Seus problemas ainda não acabaram, mas podem acabar! O DCE/UFRN, gestão “Da luta não me retiro”, na qualidade de representante legitimado dos estudantes da UFRN, diante da grande quantidade de reclamações de diversos estudantes e Centros Acadêmicos a respeito péssima qualidade do serviço de reprografia atualmente prestado nessa Universidade - as longas filas e esperas, muitas vezes sem conseguir êxito para retirar cópia ou fazer impressão, que têm feito inclusive vários estudantes perderem aula – convoca os estudantes para discutir e pensar soluções práticas para a problemática da Xerox. A última licitação para prestação de serviço de copiadora na UFRN ocorreu em 2002 (concorrência nº 02/2002), o que significa que a empresa que atualmente está na UFRN o faz sem licitação, além de não ser de modo nen…