Pular para o conteúdo principal

Retificação da Matéria do Diário de Natal

O DCE vem retificar a matéria publicada pelo Diário de Natal sobre o #AtodeAmoraNatal que aconteceu nessa quarta-feira, 15 de fevereiro. A matéria cita erroneamente uma declaração dada pelo coordenador Armênio Brito por telefone. Leia o relato sobre o Ato.

Juntamente com muitos outros manifestantes, Armênio segurava faixas e cartazes de protesto fechando a rua em frente à entrada da Câmara Municipal quando chegou uma viatura da polícia próximo à lateral do prédio. Os policiais que dela saíram se dirigiram aos ativistas que produziam material pra dar seqüência ao ato que já tinha planos de sair em cortejo pelas ruas do bairro.
 
Os policiais abordaram os manifestantes de modo agressivo e sem nenhuma justificativa evidente. Com as mãos sobre as armas e já fazendo o uso de spray de pimenta e cassetetes tentaram dispersar todos aqueles que foram ajudar a socorrer os dois ativistas enquadrados. Um deles que havia sido agarrado pela sua mochila, teve de mostrar o conteúdo dela sob ameaça de mais truculência. Nada criminoso foi encontrado. O PM em questão ainda sugeriu que sentia um cheiro estranho, e pegou algo como um spray de tinta que era possivelmente parte do material que fora usado pra pintar cartazes e faixas de protesto. O ativista enquadrado, ao se livrar da situação driblando-a e entendendo que seu companheiro sofreria assim como ele uma também injusta tentativa de prisão, iniciou uma estratégia de resistência que foi seguida pela grande maioria dos outros manifestantes. Todos se uniram num só corpo-objeto a fim de impedir que a injustiça acontecesse.



Os policiais  que já usava força desproporcional e batia em homens, mulheres, jovens, adultos e idosos, sacavam e ressacavam suas armas de fogo e ameaçavam serem ainda mais “enérgicos”. Por motivos estúpidos e alegando desacato, eles tentaram prender um manifestante por utilizar seu celular pra registrar o ocorrido e logo depois a outros por injustificáveis “razões” similares. Armas Ficaram apontadas pras cabeças dos ativistas que resistiam deitados no chão. Depois de um longo tempo de discussão e tensa negociação. Os policiais se retiraram do local e o ato seguiu livre, lúdico e pacífico pelas ruas da cidade até findar num carnaval libertário no beco da lama.

Postagens mais visitadas deste blog

Ata de Homologação de candidatura da chapa "TODA LUTA"

UNE lança nova carteira estudantil

Começou no último dia 27  a emissão da nova carteira nacional estudantil. A nova carteira expedida pela União Nacional dos Estudantes teve o layout nacionalmente padronizado e está de acordo com as exigências da Lei que esclarece as medidas relativas à Copa das Confederações FIFA 2013, à Copa do Mundo FIFA 2014 e aos eventos relacionados, que serão realizados no Brasil. A carteira vai garantir 50% de desconto no ingresso para os jogos da Copa das Confederações que acontece agora em junho bem como para o transporte público nos municípios onde os estudantes têm benefícios assegurados. “O funcionamento da carteirinha durante este ano será uma experiência importante para a Copa do Mundo e os demais eventos esportivos que virão. As mudanças também reforçam a credibilidade da carteira como um documento de identificação dos estudantes reconhecido em todo o território nacional”, destaca o presidente da UNE, Daniel Iliescu.
A nova carteira estudantil tem certificado digital e poderá ser emiti…

Xerox na UFRN

Você está indignado com o serviço de Xerox na UFRN? Não agüenta mais ficar em fila? Já precisou várias vezes de material que não teve como copiar? Quer um serviço mais barato e de qualidade? Seus problemas ainda não acabaram, mas podem acabar! O DCE/UFRN, gestão “Da luta não me retiro”, na qualidade de representante legitimado dos estudantes da UFRN, diante da grande quantidade de reclamações de diversos estudantes e Centros Acadêmicos a respeito péssima qualidade do serviço de reprografia atualmente prestado nessa Universidade - as longas filas e esperas, muitas vezes sem conseguir êxito para retirar cópia ou fazer impressão, que têm feito inclusive vários estudantes perderem aula – convoca os estudantes para discutir e pensar soluções práticas para a problemática da Xerox. A última licitação para prestação de serviço de copiadora na UFRN ocorreu em 2002 (concorrência nº 02/2002), o que significa que a empresa que atualmente está na UFRN o faz sem licitação, além de não ser de modo nen…